Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu

Clube de Donetsk dá garantia de fuga a jogadores brasileiros

Publicidade

Os jogadores brasileiros do Shakhtar Donetsk, um dos principais clubes ucranianos, conversaram na semana passada com o dono da equipe, o bilionário Rinat Akhmetov. A preocupação deles é com a crise política no país.

A Folha apurou com amigos e agentes de quatro atletas que Akhmetov lhes garantiu ter mais de um plano de fuga, caso a situação se agrave. O próprio empresário poderia deixar o país.

O elenco do Shakhtar tem 12 jogadores brasileiros: Adriano, Alex Teixeira, Bernard, Dentinho, Douglas Costa, Eduardo da Silva (naturalizado croata), Fernando, Fred, Ilsinho, Ismaily, Taison e Wellington Nem.

Desde o início da crise ucraniana, Akhmetov havia afirmado aos jogadores que eles teriam passagens aéreas à disposição no aeroporto de Donetsk. Na última semana, ele aventou a possibilidade de oferecer seu avião particular e de amigos.

Não há nenhuma promessa de negociações dos jogadores com outros clubes, caso a fuga seja necessária.

Os contratos são vinculados ao Shakhtar, a não ser que a equipe seja extinta. Um dos destinos possíveis, tanto para Akhmetov quanto para os atletas, seria Londres.

A Ucrânia é um dos mercados mais comuns para os jogadores brasileiros negociados com o futebol europeu, e o Shakhtar faz parte de um grande conglomerado chamado System Capital Management Group, que pertence a Akhmetov.

Sua fortuna, construída após o fim da União Soviética, é avaliada em US$ 16 bilhões (R$ 35,5 bilhões).

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade

Saiba mais

Envie sua notícia

Siga a folha

Serviços

Publicidade
Publicidade cosac

+ Livraria

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade

Folha Shop

TV Smart TV Smart HDMI, LED, Full HD a partir de R$ 999,99

Refrigerador Refrigerador Side By Side, Duplex, Frost Free a partir de R$ 849,00

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página