Barcelona empata na Itália e Bayern goleia o Chelsea pela Champions

Espanhóis e alemães decidem em casa as vagas para as quartas de final

São Paulo

O Barcelona não brilhou, mas volta para a Espanha com um bom resultado. No jogo de ida das oitavas de final da Champions League, empatou em 1 a 1 com o Napoli, na Itália. Isso significa que na volta, no Camp Nou, em 18 de março, pode empatar em 0 a 0 e ficar com a vaga.

Com a velocidade de Insigne e Mertens, o Napoli teve mais lances de perigo e poderia ter marcado mais vezes. Mas anotou apenas um gol, em finalização de Mertens ainda no primeiro tempo. O Barcelona empatou após o intervalo com Griezmann.

Lionel Messi passa por Insigne durante partida entre Barcelona e Napoli, na Itália
Lionel Messi passa por Insigne durante partida entre Barcelona e Napoli, na Itália - Ciro De Luca/Reuters

À exceção de Arturo Vidal, todo o time catalão esteve abaixo do esperado, inclusive Lionel Messi, que encontrou pouco espaço para arrancadas. No segundo jogo, o técnico Quique Setién não terá o meia chileno, expulso nos minutos finais. O volante Busquets também estará fora, suspenso por dois amarelos.

O Barcelona tem na Champions League sua prioridade na temporada. A equipe não conquista o título desde 2015, quando ainda tinha Neymar no elenco. Há duas semanas, Messi chegou a dizer ter certeza de que o clube vai conquistar pelo menos mais um título europeu com ele vestindo a camisa 10.

O Napoli jamais ganhou esse título. Sua única conquista continental foi a antiga Copa da Uefa (hoje em dia Liga Europa) em 1989. Era a época em que tinha Diego Maradona como maior astro.

Quem está mais perto ainda da classificação para as quartas de final é o Bayern de Munique. Com dois gols do meia-atacante Gnabry, ex-Arsenal, e um de Lewandowski, artilheiro do torneio nesta temporada com 11 gols, a equipe alemã venceu o Chelsea em Londres por 3 a 0. No próximo dia 18, em casa, poderá até perder por dois gols de diferença que estará classificado.

Vencedor dos últimos sete títulos da liga alemã e atual líder da tabela, o Bayern não vence o maior torneio europeu desde 2013, quando derrotou o Borussia Dortmund (ALE) na final.

Em reformulação sob o comando de Frank Lampard, o Chelsea criou chances, especialmente no primeiro tempo, mas não as conseguiu aproveitar. O Bayern foi sempre perigoso nos contra-ataques. Dessa forma, anotou três vezes na etapa final. Em duas, com passes de Lewandowski para Gnabry. O camisa 9 marcou o terceiro completando o cruzamento de Davies.

Lewandowski comemora o seu gol, o terceiro do Bayern de Munique sobre o Chelsea, em Londres
Lewandowski comemora o seu gol, o terceiro do Bayern de Munique sobre o Chelsea, em Londres - Toby Melville/Reuters

Em Munique, o Chelsea não terá o volante brasileiro Jorginho, que recebeu o segundo cartão amarelo, e o lateral Marcos Alonso, expulso.

Bayern e Chelsea já fizeram uma final de Champions, quando aconteceu uma das maiores zebras da história da competição.

Nesta quarta (26), o Real Madrid (ESP) recebe o Manchester City (ING), e o Lyon (FRA) enfrenta a Juventus (ITA) em casa.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.