Conheça o mapa astral da Folha, que completa 100 anos

Astrólogas analisam principais características do perfil do jornal

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A Folha aproveita seus 100 anos para inaugurar uma extensa programação concebida para celebrar o centenário do jornal.

Entre os marcos iniciais da celebração estão o lançamento de um programa de treinamento destinado a profissionais negros, o lançamento da cátedra Otávio Frias Filho, em parceria com a USP, o retorno do curso online gratuito O Que Foi a Ditadura, um episódio especial do podcast Café da Manhã e a estreia da série Cartas para o Futuro. Ao longo das próximas semanas, outras séries e projetos especiais serão lançados.

A programação completa, por dia, pode ser conferida aqui.

Além das novidades, os projetos de comemoração iniciados no ano passado (Humanos da Folha, Entrevistas Históricas e a seção Primeira Vez) continuam. E, ao longo de 2021, todo dia 19 será marcado por um projeto especial.

Para fazer jus à irreverência que sempre caracterizou a Folha, duas astrólogas diletantes, Carla Oliveira e Alexa Salomão, fizeram o mapa astral do jornal.

A data usada foi a da primeira edição da Folha da Noite, 19 de fevereiro de 1921. A hora, 18h30, se baseia no testemunho de um de seus fundadores, Pedro Cunha, de que o jornal foi para as ruas “ao cair da noite, quando os empregados pegavam o bonde para voltar a casa”.

Confira o que os astros disseram.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.