Descrição de chapéu Cinema

Alexandre Frota protocola pedido para afastar presidente da Ancine

Deputado apresentou decisão na Comissão de Cultura da Câmara

Guilherme Genestreti
São Paulo

O deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP) protocolou nesta quarta (3) um pedido na Comissão de Cultura da Câmara para que o atual presidente da Ancine, Christian de Castro, seja afastado do cargo. Ele deu a informação em seu perfil nas redes sociais

O pedido ocorre enquanto a agência reguladora, responsável pelo fomento da atividade audiovisual no país, se encontra no meio de um impasse com o Tribunal de Contas da União. O TCU deu um prazo de 60 dias para que a Ancine mude a forma como fiscaliza a prestação de contas de seus projetos, sob pena de cortar a liberação de verbas públicas para filmes e séries. 

O pedido é o cume de uma rixa que tem sido travada nos últimos dias, desde que saiu a decisão do tribunal. Ela opõe Frota, que tem encampado pautas do setor, e o ex-ministro da Cultura Sérgio Sá Leitão, padrinho político de Castro e atual secretário estadual de Cultura em São Paulo.

A Folha teve acesso a uma discussão travada num grupo privado do Whatsapp envolvendo Sá Leitão e Castro. Tudo começou porque este último postou um tuíte de Frota, em que o deputado chama o ex-ministro de "passador de pano" de Michel Temer. 

Sá Leitão responde aos demais integrantes do grupo que há um "X9" e "canalha" entre eles, que estaria vazando suas conversas para o congressista.

"Ao X9 que enviou meu post ao deputado Alexandre Frota, muito obrigado. Ser citado por ele é um galardão", disse o secretário. "Sinta-se à vontade, caro X9, para ser um canalha mais uma vez e enviar esta mensagem ao deputado. Você e ele se merecem. O audiovisual brasileiro, não."

Enquanto a briga se desenrola, o setor audiovisual tem acompanhado tudo com apreensão. Produtores ouvidos pela reportagem afirmam que cogitam paralisar seus projetos já aprovados até que haja um desfecho entre Ancine e TCU. 

 
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.