Descrição de chapéu The New York Times

Pré-candidato democrata Beto O'Rourke desiste de corrida presidencial

Texano ficou conhecido por quase derrotar Ted Cruz em eleição para o Senado, em 2018

Washington | The New York Times

Beto O'Rourke, 46, anunciou nesta sexta-feira (1º) que abandonará a disputa pela nomeação do Partido Democrata às eleições presidenciais dos Estados Unidos de 2020. 

O ex-deputado pelo Texas tomou a decisão no meio desta semana, dias antes de uma reunião dos pré-candidatos democratas no estado de Iowa, segundo pessoas próximas a ele.

Beto O'Rourke fala a repórteres
Beto O'Rourke fala a repórteres após o quarto debate entre os pré-candidatos democratas à eleição de 2020, em Westerville, Ohio - Aaron Josefczyk - 15.out.2019/Reuters

O'Rourke não deve se candidatar a nenhum outro cargo no pleito do ano que vem, apesar da insistência de líderes partidários e doadores para que ele concorra novamente ao Senado. 

Sua campanha enfrentava problemas sérios de arrecadação de verbas —assessores concluíram que continuar na disputa significaria fazer cortes profundos na equipe para bancar publicidade e chegar à primeira votação das primárias. 

O'Rourke planejava anunciar sua desistência na noite desta sexta, em Iowa, e depois enviar um email a seus apoiadores. O New York Times teve acesso a uma minuta da mensagem, na qual o democrata dizia que se sentia orgulhoso de defender plataformas como a restrição à venda de armas e o combate às mudanças climáticas, mas que sua campanha não tinha "meios de seguir em frente". 

"Meu serviço ao país não será como candidato", escreveu ele.

Nas últimas semanas, sua campanha se concentrou em questões raciais e de controle de armas. Ele defendeu a adoção de normas federais para exigir que os donos de armas mais pesadas, como fuzis, as entregassem ao governo —um posicionamento mais agressivo do que o de seus colegas democratas. 

O'Rourke iniciou a campanha no início de março e contou com o entusiasmo da base democrata e com a admiração do ex-presidente Barack Obama. O político ficou conhecido por quase derrotar, em 2018, o popular republicano Ted Cruz, que concorria à reeleição.

Os dois disputaram uma vaga no Senado pelo estado do Texas, que tradicionalmente escolhe seus congressistas entre os membros do Partido Republicano. 

Apesar do status de quase-herói que O'Rourke conquistou aos olhos dos democratas por desafiar um importante adversário da legenda, o texano encontrou dificuldades em se destacar no grupo de pré-candidatos, que inclui outros jovens oradores, como Pete Buttigieg (prefeito de South Bend, Indiana), e progressistas populares, como Elizabeth Warren (senadora por Massachusetts). 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.