Injeção de desinfetante, 'pare a contagem' e elogio a Bolsonaro: veja frases que marcaram governo Trump

Presidente dos EUA também será lembrado por linguagem agressiva e tentativas de emplacar mentiras

São Paulo

Donald Trump foi um presidente que sugeriu o uso de injeções de desinfetante para conter o coronavírus, fez elogios ao presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e tentou espalhar mentiras, como a de que sua posse foi a maior de todos os tempos.

Na lista abaixo, uma seleção de frases que marcaram sua passagem pela Presidência dos EUA. Seu mandato acaba nesta quarta-feira (20).

Donald Trump durante um comício na Geórgia - Mandel Ngan - 4.jan.2021/AFP

"Quando o México manda suas pessoas, não manda as melhores. Manda pessoas com um monte de problemas. Elas trazem drogas, crime, são estupradores. E alguns, eu suponho, são boas pessoas."

16.jun.15, ao anunciar a candidatura à Presidência

"Foi a maior plateia de todos os tempos a testemunhar uma posse, ponto. Tanto pessoalmente quanto ao redor do mundo."

26.jan.17, ao insistir na mentira de que sua posse bateu recorde de público

"Qualquer pesquisa negativa é fake news."

6.fev.17, após estudos mostrarem queda em sua avaliação


“Apesar da constante covfefe negativa da imprensa.”

31.mai.17, no Twitter. Até hoje, não se sabe o que é covfefe.


“Fui eleito para representar os cidadãos de Pittsburgh, não de Paris.”

1º.jun.17, ao retirar os EUA do Acordo de Paris, que prevê redução de emissões de poluentes no planeta todo

"Havia pessoas muito boas dos dois lados."

15.ago.17, sobre confrontos entre supremacistas brancos e manifestantes antirracistas em Charlottesville


"Por que todas essas pessoas desses países de merda vêm parar aqui?"

12.jan.18, em reunião fechada na Casa Branca, citada pela imprensa americana. Depois, ele negou ter dito a frase

"Eu nunca orientei Michael Cohen a ir contra a lei. Ele é um advogado e espera-se que ele conheça a lei."

13.dez.18. Advogado de Trump, Cohen foi preso por mentir ao Congresso, entre outros crimes

"Você trará um futuro tremendo para seu país. É um grande líder."

27.fev.19, para o ditador Kim Jong-un, da Coreia do Norte, durante reunião no Vietnã

"Estamos com um cavalheiro muito orgulhoso de sua relação com o presidente Trump, o presidente do Brasil. É um homem especial, está indo muito bem. O Brasil e os Estados Unidos estão o mais próximo que já estiveram."

28.jun.19, durante encontro com o presidente Jair Bolsonaro, no Japão

"Fala-se muito sobre o filho de Biden, que Biden interrompeu a acusação e muitas pessoas querem descobrir sobre isso, então o que você puder fazer com o procurador-geral seria ótimo. Biden se gabou de ter parado a acusação, então se você puder investigar..."

25.jul.19, durante telefonema com o presidente ucraniano, Volodimir Zelenski, que motivou o 1º pedido de seu impeachment

"O futuro não pertence aos globalistas. Pertence aos patriotas."

24.set.19, na Assembleia-Geral da ONU

"Eu fiz um telefonema perfeito, e eles me levaram até a reta final do impeachment. Isso foi mal, foi corrupto, eram policiais sujos. Eram vazadores de informação mentirosos, e isso nunca, nunca deveria acontecer com outro presidente."

6.fev.20, após ser absolvido do 1º impeachment, motivado por uma ligação dele ao presidente da Ucrânia

"Parece que em abril, em teoria, quando [o clima] fica um pouco mais quente, isso miraculosamente vai embora."

10.fev.20, sobre o coronavírus

"Eu vejo o desinfetante, que dá conta disso [matar o vírus] em um minuto. Pode existir uma maneira de fazer algo desse tipo por dentro, com uma injeção, ou quase como uma limpeza. Porque, veja bem, ele entra nos pulmões, então seria interessante checar isso. Será preciso ver com os médicos, mas soa interessante para mim.”

23.abr.20, propondo uma ideia bizarra e ineficaz contra o coronavírus

"Esses bandidos estão desonrando a memória de George Floyd, e eu não vou deixar isso acontecer. Quando os saques começam, os tiros começam."

29.mai.20, durante onda de protestos antirracismo

“Não tenha medo da Covid. Não a deixe dominar sua vida. Me sinto melhor do que 20 anos atrás."

5.out.20, após deixar internação no hospital devido à doença


"Proud Boys, afastem-se e estejam prontos."

29.out.20, durante debate presidencial, em referência a grupo de extrema-direita

“Pare a contagem!”

5.nov.20, em meio à apuração da eleição que mostrava Biden à frente

“Se vocês não lutarem para valer, vocês não terão mais um país.”

6.jan.21, em comício a apoiadores antes da invasão do Congresso. O discurso motivou seu segundo pedido de impeachment

"Vão para casa. Nós amamos vocês. Vocês são muito especiais."

6.jan.21, em mensagem aos apoiadores que invadiram o Congresso

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.