Descrição de chapéu Eleições 2020

Veja as mais recentes pesquisas nas disputas pelas prefeituras das principais cidades do país

Celso Russomanno lidera em SP, segundo o Datafolha; Manuela D'Avila está à frente na corrida em Porto Alegre, diz o Ibope

São Paulo

Os institutos Datafolha e Ibope têm divulgado pesquisas sobre as corridas a prefeito nas principais cidades do país. O primeiro turno das eleições municipais ocorre em 15 de novembro.

Confira as pesquisas mais recentes.

*

Aracaju

O candidato Edvaldo, do PDT, lidera as intenções de voto na capital do Sergipe com 32%, segundo pesquisa do Ipobe que ouviu 504 eleitores entre os dias 7 e 9 de outubro.

Em segundo lugar está a candidata Delegada Danielle (Cidadania), com 21% das intenções de voto, seguida de Rodrigo Valadares (PTB), com 6%, e Márcio Macêdo (PT), com 5%.

Votariam em branco ou nulo 18% dos entrevistados e não sabem ou não responderam 6%.

Almeida Lima (PRTB) foi o mais rejeitado: 42% falaram que não votariam no candidato de jeito nenhum. Edvaldo (PDT), com 26%, empata com Rodrigo Valadares (PTB), com 25%, ficam em segundo lugar.

Ainda no quesito rejeição, Márcio Macêdo (PT), com 16%, e Delegada Danielle, com 13%, empatam tecnicamente no terceiro lugar.

A pesquisa, registrada na Justiça Eleitoral com o número SE‐02812/2020A , tem margem de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.

Belém

A disputa pela Prefeitura de Belém (PA) tem Edmilson Rodrigues (PSOL) na liderança isolada, com 39% das intenções de voto na pesquisa Ibope divulgada em 3 de outubro.

Priante (MDB) está em outro patamar de intenções de votos, com 10%. Com 5% estão o Delegado Federal Eguchi (Patriota) e Gustavo Sefer (PSD). Eles são seguidos por Cassio Andrade (PSB), Mario Couto (PRTB), Thiago Araujo (Cidadania) e Vavá Martins (Republicanos), cada um com 4% de intenções de voto.

Como a margem de erro é de quatro pontos percentuais, para mais ou para menos, todos estão tecnicamente empatados.

Dr. Jeronimo (PMB) tem 2%, e Cleber Rabelo (PSTU), Guilherme Lessa (PTC) e Jair Lopes (PCO) marcaram 1% cada um.

Belo Horizonte

O atual prefeito de Belo Horizonte, Kalil (PSD), lidera a disputa pela Prefeitura com 59% das intenções de voto. João Vitor Xavier (Cidadania), com 7%, Áurea Carolina (Psol), com 3%, e Bruno Engler (PRTB), com 2%, vêm em seguida.

Votariam em branco ou nulo 13% dos entrevistados e não sabem ou não responderam 9%.

A pesquisa ouviu 1.001 eleitores da cidade de Belo Horizonte entre os dias 13 e 15 de outubro. A margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Em relação à rejeição, que questiona em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum, Nilmário Miranda (PT), com 17%, Kalil, com 15%, Cabo Xavier (PMB), com 14% e João Vitor Xavier, com 12%, empatam tecnicamente no primeiro lugar.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais com o número MG-00100/2020.

A pesquisa apresentou resultados semelhantes à do Datafolha, em que Kalil também lidera com folga a disputa na capital mineira. Nela, com 56% das intenções de voto, Kalil tem mais que o dobro da soma dos índices de seus rivais.

Em seguida, aparecem João Vítor Xavier (Cidadania), com 6%, Áurea Carolina (PSOL) e Bruno Engler (PRTB), com 3%.

Votariam em branco ou nulo 13% dos entrevistados, enquanto 7% não souberam responder.

A pesquisa, feita em parceria com a TV Globo, tem margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos. O Datafolha ouviu presencialmente 800 eleitores na segunda (5) e terça-feira (6) e registrada no TRE-MG com o número MG-09256/2020.

Com 24%, o candidato do PT, Nilmário Miranda, é o nome com maior rejeição entre os entrevistados, empatado com Cabo Xavier (PMB). Engler e João Vítor aparecem com 19%, enquanto Kalil é rejeitado por 18%. Nesse quesito, os entrevistados respondem em quem eles não votariam de jeito nenhum.

Boa Vista

​O candidato Arthur Henrique (MDB) lidera as intenções de voto na capital de Roraima com 28%, segundo pesquisa Ibope divulgada em 16 de outubro.

Ele está tecnicamente empatado com Ottaci (Solidariedade), que tem 23%. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.

Em seguida estão Nicoletti (PSL), com 10%, Shéridan (PSDB), com 8%, Linoberg (Rede), com 6%, Luciano Castro (PL), com 6%, Gerlane (PP), com 2%, Pastor Isamar (Podemos), com 2%, Fábio Almeida (PSOL), com 1% e Wilson Précoma (PCO), com 1%.

Brancos e nulos somam 6%, e 8% disseram que não sabem ou não responderam.

O Ibope ouviu 504 eleitores em Boa Vista entre os dias 14 e 16 de outubro. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral com o número RR 02623/2020. O nível de confiança é de 95%.

Campo Grande

O atual prefeito Marquinhos Trad (PSD) lidera a corrida para a Prefeitura da capital do estado do Mato Grosso do Sul, segundo pesquisa Ibope divulgada em 16 de outubro. Ele tem 41% das intenções de voto.

O candidato Promotor Harfouche (Avante) aparece em segundo lugar, com 11% das intenções de voto. Ele está tecnicamente empatado com Pedro Kemp (PT), com 6%, Delegada Sidnéia Tobias (Podemos), com 4%, Dagoberto (PDT), com 3% e Vinicius Siqueira (PSL), com 3%.

A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos, e o nível de confiança da pesquisa, feita de 14 e 16 de outubro, é de 95%. Foram ouvidos 602 eleitores da cidade de Campo Grande.

Votam nulo ou em branco 13% e não responderam ou não sabem 9%.

De acordo com o Ibope, na pesquisa houve a inclusão de dois candidatos do PSL porque a candidatura do partido está sub judice pelo órgão competente. Além de Vinicius Siqueira, o candidato Trutis, da mesma sigla, aparece com 1% das intenções de voto.

A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral com o número MS 01902/2020.

Cuiabá

O candidato Abílio Júnior (Podemos) tem 26% das intenções de voto na disputa eleitoral pela Prefeitura de Cuiabá, segundo pesquisa Ibope divulgada em 16 de outubro.

Ele está tecnicamente empatado com Emanuel Pinheiro (MDB), que tem 20%, e Roberto França (Patriotas), que tem 19%. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.

Gisela Simona (PROS) vem em seguida, com 11% das intenções de voto. Mais atrás estão Julier Sebastião (PT), com 3%, Aécio Rodrigues (PSL), com 2% e Paulo Henrique Grando (Novo), com 2%.

Brancos e nulos somam 11%. Já 7% não responderam ou disseram não saber em quem votariam.

Em relação à rejeição, quando se pergunta em quem o eleitor não votaria de jeito nenhum, Emanuel Pinheiro lidera com 55%. Candidato à reeleição, ele se tornou réu em ação penal que apura o suposto recebimento de "mensalinho" por deputados estaduais na gestão do ex-governador Silval Barbosa (2010-2014).

O Ibope ouviu 602 eleitores da cidade de Cuiabá entre os dias 14 e 16 de outubro. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral com o número MT‐02443/2020.

Curitiba

O atual prefeito Rafael Greca (DEM) tem 47% das intenções de voto entre entrevistados para pesquisa do Ibope.

Os candidatos tecnicamente empatados em segundo lugar têm pelo menos 41 pontos percentuais a menos: são Fernando Francischini (PSL), com 6% das intenções de voto, Goura (PDT), com 5%, Christiane Yared (PL), com 3%, João Arruda (MDB), também com 3%, e Professora Samara (PSTU), com 2%.

Votam nulo ou em branco 15% e não responderam ou não sabem 10%.

Em segundo lugar nas intenções de voto, Francischini é o candidato com maior rejeição. Dos entrevistados, 21% dizem que não votariam nele. Em segundo lugar está atual prefeito Rafael Greca, pontuando 20% e, em terceiro, João Arruda, atingindo 11%.

A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos, e o nível de confiança da pesquisa, feita entre 4 e 5 de outubro, é de 95%.

Florianópolis

Atual prefeito de Florianópolis (SC), Gean Loureiro (DEM) tem 44% das intenções de voto na disputa eleitoral de 2020, segundo aponta pesquisa Ibope divulgada em 5 de outubro.

Ele é seguido por Angela Amin (PP), que tem 15%; Pedrão (PL), com 9%; e Professor Elson (PSOL), 7%. Como a margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos, Angela, Pedrão e Elson aparecem tecnicamente empatados em segundo lugar.

Como a margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos, Angela, Pedrão e Elson aparecem tecnicamente empatados em segundo lugar.

Brancos e nulos somaram 10% —a mesma porcentagem dos que preferiram não responder ou disseram não saber em quem votariam.

Fortaleza

Segundo pesquisa Ibope, o candidato Capitão Wagner (Pros) lidera as intenções de voto na capital do Ceará, com 28% da preferência entre os entrevistados. Luizianne Lins (PT), está tecnicamente empatada com 23%, seguida de Sarto (PDT), com 16%.

Votariam em branco ou nulo 12% dos entrevistados, e não sabem ou não responderam 7%.

O instituto ouviu 602 eleitores da cidade de Fortaleza entre os dias 12 e 14 de outubro. A margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

Em relação à rejeição, quando se pergunta em quem o eleitor não votaria de jeito nenhum, Luizianne Lins e Capitão Wagner também empatam tecnicamente, com 36% e 33%, respectivamente. Em seguida vem Sarto, com 17%, Heitor Férrer (SD), com 15%, e Renato Roseno (PSOL), com 13%.

A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral com o número CE-05307/2020.

João Pessoa

O candidato Cicero Lucena, do Progressistas, tem 18% das intenções de voto na disputa eleitoral pela Prefeitura de João Pessoa, segundo aponta pesquisa Ibope divulgada em 5 de outubro.

Nilvan Ferreira (MDB) aparece com 15%, Ricardo Coutinho (PSB), com 12%, e Wallber Virgolino (Patriota), com 10%.

Como a margem de erro é de quatro pontos percentuais, para mais ou para menos, todos os quatro estão tecnicamente empatados. Brancos e nulos somaram 20%. Já 8% não responderam ou disseram não saber em quem votariam.

Macapá

Os candidatos Capi (PSB), com 17% das intenções de voto, Josiel (DEM), com 16%, Dr. Furlan (Cidadania), com 13% e Patrícia Ferraz (Podemos), com 13% estão tecnicamente empatados no primeiro lugar na corrida pela Prefeitura de Macapá, segundo pesquisa Ibope divulgada nesta quarta (14).

Cirilo Fernandes (PRTB), com 8%, Gianfranco (PSTU), com 3%, Guaracy (PSL), com 3% vêm em seguida.

Votariam em branco ou nulo 14% dos entrevistados, e não sabem ou não responderam 7%.

O instituto ouviu 504 eleitores da cidade de Amapá entre os dias 12 e 14 de outubro. A margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

Em relação à rejeição, quando se pergunta em quem o eleitor não votaria de jeito nenhum, Capi lidera com 57%. Josiel e Patrícia Ferraz são os segundos mais rejeitados, com 25%. Dr. Furlan (Cidadania), com17%, Professor Marcos (PT), com 17% e Cirilo Fernandes (PRTB), com 16%, vêm em seguida.

A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral com o número AP-06881/2020.

Maceió

Na capital de Alagoas, pesquisa do Ibope apontou um empate técnico entre Alfredo Gaspar de Mendonça (MDB) e João Henrique Caldas (PSB) nas intenções de voto. O emedebista foi a escolha de 26% dos entrevistados, e JHC, como também é conhecido o candidato do PSB, de 25%.

Na disputa pelo segundo lugar estão Cícero Almeida (DC), com 10%, e Davi Filho (Progressistas), com 5%. Em seguida aparecem Lenilda Luna (UP), com 3%, Josan Leite (Patriota), com 2%, Ricardo Barbosa (PT), com 2% e Valéria Correia (PSOL), com 2%.

Votariam em branco ou nulo 14%, e não sabem ou não responderam 8%.

No quesito rejeição, em que os entrevistados escolhem o candidato em quem não votariam de jeito nenhum, Cícero Almeida lidera com 49%. JHC fica em segundo, com 21%, junto com Mendonça, que foi rejeitado por 17%.

O instituto ouviu 504 eleitores da cidade de Maceió entre os dias 7 e 9 de outubro. A pesquisa, que tem margem de erro de 4 pontos e 95% de confiança, foi registrada na Justiça Eleitoral com o número AL 09340/2020.

Manaus

O ex-governador do Amazonas Amazonino Mendes (Podemos), lidera a disputa pela Prefeitura de Manaus com 25% das intenções de voto segundo pesquisa Ibope. Em seguida estão David Almeida (Avante), com 13%. Ricardo Nicolau (PSD), com 11%, Zé Ricardo (PT), com 10% e Capitão Alberto Neto (Republicanos), com 7%.

Votariam em branco ou nulo 16% dos entrevistados, e 3% não sabiam ou não responderam.

O instituto ouviu 504 eleitores de Manaus entre os dias 12 e 14 de outubro. A margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

Votariam em branco ou nulo 16% dos entrevistados, e 10% não sabiam ou não responderam.

Em relação à rejeição, quando se pergunta em quem o eleitor não votaria de jeito nenhum, Alfredo Nascimento (PL), com 44% e Amazonino Mendes, com 42%, empatam tecnicamente no primeiro lugar. Zé Ricardo, com 23%, Chico Preto (DC), com 18% e Ricardo Nicolau, com 18%, vêm em seguida.

A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral com o número AM-09557/202.

Natal

Na capital do Rio Grande do Norte, o atual prefeito de Natal Álvaro Dias (PSDB) sai na frente com 33% das intenções de voto entre os entrevistados. A pesquisa do Ibope foi feita entre os dias 4 e 6 de outubro. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%;

Já o deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade) tem 12% das intenções de voto, seguido de empate técnico entre seis candidatos. Os que mais pontuaram no terceiro lugar foram Hermano Morais (PSB), com 6%, Carlos Alberto (PV), com 4%, e Delegado Sergio Leocádio (PSL), com 3%.

Dos entrevistaos, 20% votariam branco ou nulo e 11% não sabem em quem votariam ou não responderam.

Kelps e Hermano Morais empatam tecnicamente com a maior rejeição: 24% e 20%, respectivamente, não votariam nos candidatos. Álvaro Dias aparece em terceiro entre os mais rejeitados, com 18%.

Porto Alegre

Manuela D'Ávila (PCdoB) tem 24% das intenções de voto na disputa eleitoral à Prefeitura de Porto Alegre, segundo indica a pesquisa Ibope divulgada em 5 de outubro.

Em seguida, aparecem José Fortunati (PTB), com 14%, Sebastião Melo (MDB), com 11%, e Nelson Marchezan Júnior (PSDB), com 9%. Todos estão tecnicamente empatados em segundo lugar.

Juliana Brizola (PDT) surge com 5%, João Derly (Republicanos), com 4%, Fernanda Melchionna (PSOL), com 3%, Valter Nagelstein (PSD), com 3%. Gustavo Paim (PP) e Julio Flores (PSTU) têm 1% cada um.

A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Porto Velho

O atual prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB), lidera a disputa pela Prefeitura com 23% das intenções de voto segundo pesquisa Ibope. Em seguida estão Vinícius Miguel (Cidadania), com 12%, Cristiane Lopes (PP), com 9%, Dr. Breno Mendes (Avante), com 7%, e Lindomar Garçon (Republicanos), com 6%.

O instituto ouviu 504 eleitores da capital de Rondônia entre os dias 12 e 14 de outubro. A margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

Votariam em branco ou nulo 16% dos entrevistados, e 10% não sabiam ou não responderam.

Em relação à rejeição, quando se pergunta em quem o eleitor não votaria de jeito nenhum, Lindomar Garçon está em primeiro lugar com 49%. Hildon Chaves, com 34%, Williames Pimentel (MDB), com 26% e Pimenta de Rondônia (PSOL), com 25%, vêm em seguida.

A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral com o número RO-05800/2020.

Recife

João Campos (PSB) lidera a disputa pela Prefeitura do Recife com 33% das intenções de voto segundo pesquisa Ibope. Em seguida estão Mendonça Filho (DEM), com 18%, Marília Arraes (PT), com 14% e Delegada Patrícia (Podemos), com 13%.

O instituto ouviu 10001 eleitores da capital de Pernambuco entre os dias 13 e 15 de outubro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

Votariam em branco ou nulo 14% dos entrevistados, e 3% não sabiam ou não responderam.

Em relação à rejeição, quando se pergunta em quem o eleitor não votaria de jeito nenhum, João Campos também está em primeiro lugar com 28%. Mendonça Filho e Coronel Feitosa (PSC), ambos com 28%, vêm em seguida.

A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral com o número PE 08776/2020.

O deputado federal João Campos (PSB) também lidera a primeira pesquisa Datafolha sobre a corrida pela Prefeitura do Recife. Ele acumula 26% das intenções de voto.

A pesquisa, feita em parceria com a TV Globo, tem margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos. O instituto ouviu presencialmente 800 eleitores entre os dias 5 e 6 de outubro e foi registrada no TRE-PE com o número PE-08999/2020.

A disputa pelo segundo lugar ​traz um empate técnico entre a deputada federal Marília Arraes (PT), com 17%, e o ex-ministro da Educação Mendonça Filho (DEM), com 16%.

No limite do empate técnico com Mendonça, o que é considerado improvável, aparece a delegada Patrícia Domingos (Podemos), candidata pela primeira vez a um cargo eletivo, com 10%.

Declararam voto branco ou nulo 21% dos entrevistados, enquanto 5% não souberam responder.

Em segundo lugar nas intenções de voto, Mendonça lidera a rejeição, que mede os eleitores que não votariam no candidato de jeito nenhum. Ele é rejeitado por 32% dos entrevistados, seguido de João Campos, com 30%. Marília Arraes é rejeitada por 15%.

Ribeirão Preto

O atual prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira (PSDB) lidera a intenção de votos com 26%, segundo pesquisa Ibope divulgada em 5 de outubro.

Em seguida aparece Chiarelli (Patriota) com 17%, seguido por Coronel Usai (PRTB) e Suely Vilela (PSB) com 6%.

Machado (PT) e Mauro Inácio (Psol) têm 3% das intenções e voto, Cris Bezerra (MDB), 2% e Rodrigo Junqueira (PSL), 1%.

Emilson Roveri (Rede) e Vanderley Caixe (PCdoB) não atingem 1% das intenções de voto e o candidato GB33 (PMN) não foi citado. A margem de erros é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos.

Rio Branco

O candidato Minoru Kinpara (PSDB) lidera corrida para a prefeitura da capital do Acre com 29% das intenções de voto, de acordo com pesquisa Ibope divulgada em 16 de outubro.

Ele está tecnicamente empatado com Socorro Neri (PSB), com 26%, que tenta reeleição. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.

Em seguida estão Tião Bocalom (PP), com 16%, Roberto Duarte (MDB), com 11%, Daniel Zen (PT), com 5%, Jarbas Soster (Avante), com 2% e Jamyl Asfury (PSC), com 1%.

Brancos e nulos somam 6%. Não sabem ou não responderam são 4%.

O Ibope ouviu 504 eleitores da cidade de Rio Branco entre os dias 14 e 16 de outubro. O número de identificação da pesquisa na Justiça Eleitoral é o AC-03870/2020. O nível de confiança é de 95%.

Rio de Janeiro

Segundo pesquisa Ibope, Eduardo Paes (DEM) lidera a disputa pela Prefeitura do Rio de Janeiro com 30% das intenções de voto. Em segundo lugar, Marcelo Crivella, atual prefeito da cidade, foi a preferência de 12% dos entrevistados.

Ele empata tecnicamente com Martha Rocha (PDT), com 8%, e Benedita da Silva (PT), com 7%.

Em uma simulação de segundo turno, 50% escolheriam Eduardo Paes e, 21%, Crivella.

A pesquisa ouviu 1.001 eleitores da cidade do Rio de Janeiro entre os dias 13 e 15 de outubro. A margem de erro é 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Votariam em branco ou nulo 23%, e 5% não sabem ou não responderam.

O número de identificação da pesquisa na Justiça Eleitoral é o RJ-09221/2020

Em relação à rejeição, critério que questiona em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum, 57% escolheram Crivella, 40%, Clarissa Garotinho (Pros), 30%, Paes e, 29%, Benedita da Silva.

Paes também lidera as intenções de voto segundo pesquisa feita pelo Datafolha. Ele tem 30% da preferência dos eleitores da cidade que governou de 2009 a 2016.

O instituto ouviu 900 eleitores na nos dias 5 e 6 de outubro. A pesquisa, em parceria com a TV Globo, tem margem de erro de três pontos percentuais, para mais ou para menos, e foi registrada no TRE-RJ com o número RJ-09140/2020.

Em seguida está o atual prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), que tenta reeleição, com 14% das intenções de voto. Crivella tem o apoio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e de seus filhos.

Em empate técnico com o atual prefeito está a deputada Martha Rocha (PDT), com 10%. Já Benedita da Silva (PT) marcou 8% no levantamento —um empate da petista com Crivella, no limite da margem de erro, é considerado improvável.

Mais de um quinto dos entrevistados (22%) declarou que pretende votar em branco ou nulo. Outros 3% se disseram indecisos.

Em segundo lugar nas intenções de voto, Crivella é o candidato mais rejeitado. A maioria dos entrevistados (59%) afirma que não votaria no atual prefeito de jeito nenhum.

Em seguida, estão entre os mais rejeitados Paes (30%), Clarissa Garotinho (29%) e Benedita (20%). Os demais apresentaram 14 pontos percentuais de rejeição ou menos.

Salvador

Atual vice-prefeito de Salvador (BA), Bruno Reis (DEM) tem 42% das intenções de voto na disputa eleitoral de 2020, segundo indica pesquisa Ibope divulgada em 5 de outubro. Ele é seguido por Pastor Sargento Isidório (Avante), que tem 10%, e por Major Denice (PT) e Olívia Santana (PCdoB), ambas com 6%.

Como a margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos, Isidório, Denice e Olívia estão tecnicamente empatados em segundo lugar. Brancos e nulos somaram 17%. Já 8% não responderam ou disseram não saber em quem votariam.

São Paulo

Pesquisa Ibope mostra empate técnico entre Celso Russomanno (Republicanos) e Bruno Covas (PSDB) na disputa pela Prefeitura de São Paulo. Eles marcaram 25% e 22% nas intenções de voto, respectivamente.

Guilherme Boulos (PSOL), com 10%, Márcio França (PSB), com 7% e Jilmar Tatto (PT), com 4%, vêm em seguida.

Brancos e nulos são 17%, e 7% preferiram não responder ou disseram não saber em quem votariam.

O instituto ouviu 1.001 eleitores entre os dias 13 e 15 de outubro, a margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança utilizado é de 95%.

Em relação à rejeição, critério que questiona em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum, 30% escolheram Russomanno, 24%, Joice Hasselmann (PSL), e 23%, Bruno Covas.

A pesquisa foi registrada no TSE sob o número SP-01432/2020.

Na última pesquisa do Datafolha antes do horário eleitoral gratuito, o candidato Celso Russomanno (Republicanos) manteve a liderança com 27% das intenções de voto. Em segundo lugar, Bruno Covas (PSDB) está com 21%.

O instituto ouviu 1.092 eleitores paulistanos em 5 e 6 de outubro. A pesquisa, feita em parceria com a TV Globo, tem margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos e foi registrada no TRE-SP com o número SP-08428/2020.

Na disputa pelo terceiro lugar, Guilherme Boulos (PSOL), com 12% das intenções de voto, começou a se descolar de Márcio França (PSB), que está com 8%. Uma miríade de nomes ocupa empatada o grupo que marcou menos de 3%.

Votam em branco ou anulam 12%, e 4% não sabem em quem votar.

No quesito rejeição, em que se pergunta em quem o entrevistado não votaria de jeito nenhum, Covas e Joice Hasselmann (PSL) empatam com 31%. Em seguida vêm Levy Fidelix (PRTB), com 30%, e Celso Russomanno, com 29%, também empatados.

Teresina

O candidato Dr. Pessoa (MDB) lidera a disputa pela Prefeitura de Teresina com 34% das intenções de voto, segundo pesquisa Ibope divulgada em 16 de outubro.

Em seguida, empatados tecnicamente em segundo lugar, estão Kleber Montezuma (PSDB), com 18%, e Fábio Abreu (PL), com 16%. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.

Brancos e nulos são 10%, e 9% dos eleitores não sabem em quem votar.

Em relação à rejeição, critério que questiona em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum, 25% escolheram Fábio Abreu (PL), 22%, Kleber Montezuma (PSDB) e, 21%, Lourdes Melo (PCO)

O Ibope ouviu 602 eleitores da cidade de Teresina entre os dias 14 a 16 de outubro. O número de identificação da pesquisa na Justiça Eleitoral é o PI 05564/2020. O nível de confiança é de 95%.

Vitória

Gandini (Cidadania) e João Coser (PT) empatam no primeiro lugar com 22% das intenções de voto na capital do Espírito Santo. A pesquisa do Ibope ouviu 602 eleitores nos dias 11 e 12 de outubro.

Tecnicamante empatados em segundo lugar estão Delegado Pazolini (Republicanos), com 10%, Neuzinha (PSDB), com 7%, Capitão Assumção (Patriota), com 6%, Sérgio Sá (PSB), com 5%, Mazinho (PSD), com 3%
e Namy Chequer (PCdoB), com 2%.

Dos entrevistados, 11% votam em branco ou nulo e 9% não sabe ou não respondeu em quem votaria.

Ao perguntar em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum, o instituto avaliou também o nível de rejeição dos candidatos.

Coser, com 35% e Assumção, com 31%, dividem o primeiro lugar. Neuzinha, com 25%, e Gandini, com 18%, o segundo.

Ainda em relação à rejeição, os candidatos Coronel Nylton (Novo), com 16%, Pazolini, com 14%, Chequer, com 14%, Sérgio Sá, com 10%, Eron Domingos (PRTB), com 8% e Mazinho, com 8%, empatam tecnicamente no terceiro lugar.

A pesquisa tem margem de erro de 4 pontos percentuais para mais ou para menos e nível de confiança de 95%. Seu número de identificação na Justiça Eleitoral é ES‐00783/2020.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.