Consultoria indica cidades que devem se destacar em 2020 por sua cena cultural

Birô de tendências WGSN mapeou destinos no México, Colômbia, Alemanha, Senegal e Tailândia

São Paulo

O consultor Stefano Arpassy, do birô de tendências WGSN, indica lugares que devem se destacar em 2020 por sua cena cultural.

Cidade do México
México
O terremoto que abalou o país em 2017 e as tensões políticas com os Estados Unidos têm fortalecido a identidade mexicana. Diante disso, a capital do país tem se tornado referência cultural. A Zona Maco, feira de arte que acontece duas vezes ao ano, é um dos eventos que traz gente de fora e que vem ganhando relevância

Medellín
Colômbia
Antes associada à violência, atualmente a cidade é conhecida pela inovação, tecnologia e arte. Isso acontece por causa de políticas de inclusão das periferias, que estimulam a criatividade e ajudam a diminuir a desigualdade. No bairro Nueva Villa del Aburrá estão surgindo manifestações artísticas

Leipzig
Alemanha
A cidade é lembrada por ser um centro da reunificação do país. Lá surgiram os primeiros protestos que resultaram na queda do Muro de Berlim, em 1989. Desde então, antigas indústrias têm se tornado espaços criativos. O Leipziger Baumwollspinnerei, onde funcionava uma fábrica de algodão, hoje abriga estúdios e galerias de arte

Dacar
Senegal
É referência quando se fala em arte africana. O grande marco é dezembro de 2018, quando foi inaugurado o Museu das Civilizações Negras

Bancoc
Tailândia
Em 2014, houve um golpe militar no país. Como resposta, jovens criaram um movimento de arte urbana. Em 2018, a capital do país teve sua primeira Bienal de Arte. O distrito Bang Rak atrai gente interessada na produção local 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.