Centenas de turistas são confinados em hotel espanhol por suspeita de coronavírus

Viajantes italianos, hospedados em Tenerife, nas Ilhas Canárias, podem ter a doença

Costa Adeje (Espanha) | AFP

Mais de 700 turistas de um hotel em Tenerife, no arquipélago espanhol das Ilhas Canárias, foram confinados em seus quartos nesta terça-feira (25) após um possível caso de coronavírus em dois de seus clientes, italianos, informaram as autoridades à AFP.

O hotel é o H10 Costa Adeje Palace, no sul da ilha de Tenerife, um destino muito buscado por turistas do norte da Europa e que celebra o carnaval nos últimos dias. No local, há hóspedes de 25 nacionalidades. 

Fachada de hotel com carros estacionados em frente
O H10 Costa Adeje Palace Hotel, nas Ilhas Canárias, que tem caso suspeito de coronavírus - Desiree Martin/AFP

No estabelecimento estava alojado um casal de turistas italianos que na noite de segunda-feira deu positivo em um primeiro exame e aguarda a confirmação de um segundo, afirmou à AFP uma porta-voz do Ministério da Saúde do governo regional das Canárias.

A porta-voz informou que, neste momento, “centenas de hóspedes do hotel estão sob vigilância sanitária”, embora não se trate estritamente de uma quarentena.

A associação hoteleira local Ashotel pediu “tranquilidade”, garantindo que “os protocolos estabelecidos estão funcionando” e indicou que “cerca de mil pessoas” estão isoladas.

O vídeo abaixo mostra a movimentação do hotel e a polícia montando barreiras na hospedagem.  

Os hóspedes estão passando por testes para detectar a contaminação pelo vírus. "Eles precisam ficar dentro do hotel, sem sair, e as pessoas que tiverem sintomas serão mantidas dentro de seus quartos até que tenhamos os resultados dos exames", disse o chefe de epidemiologia das Ilhas Canárias, Domingo Núñez. 

O casal de italianos, de acordo com a imprensa local, é da Lombardía, uma das regiões mais afetadas pelo vírus na Itália. Eles viajam com um grupo de outras oito pessoas do país, mas que estão sem sintomas da doença.

O acesso ao hotel está bloqueado por policiais com máscaras protetoras. 

Além do caso de Tenerife, as autoridades aguardam a confirmação de mais outro, que deu positivo em um primeiro exame na região da Catalunha. O governo espanhol afirmou que se trata de uma mulher residente de Barcelona e que viajou para o norte da Itália nos últimos dias.

Na China, o balanço da epidemia do coronavírus ultrapassou nesta terça-feira os 2.600 mortos, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde).​

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.