Painel

Editado por Guilherme Seto (interino), espaço traz notícias e bastidores da política. Com Danielle Brant

Salvar artigos

Recurso exclusivo para assinantes

assine ou faça login

Painel
Descrição de chapéu São Paulo

Ministro do governo Lula e Tarcísio trocam afagos em São Paulo

Silvio Costa Filho e o governador se encontraram em evento sobre reformulação do aeroporto de Congonhas

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Titular da pasta de Portos e Aeroportos do governo Lula, o ministro Silvio Costa Filho e o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), trocaram gentilezas e afagos na manhã desta segunda-feira (25), durante apresentação de projeto de reformulação de Congonhas, na zona sul de São Paulo.

"Quero cumprimentar o governador Tarcísio, que sabe do apreço que lhe tenho. Como diria um poeta espanhol, o apreço não tem preço", afirmou Costa Filho, que também é do Republicanos, no fim de seu discurso sobre o projeto de reestruturação do aeroporto pela empresa espanhola Aena.

0
Marcos Gadelho, secretário municipal de Urbanismo de São Paulo, Santiago Yus, presidente da Aena Brasil, o governador Tarcísio de Freitas e Jerome Cadier, CEO da Latam, durante cerimônia de apresentação da reestruturação de Congonhas nesta segunda-feira (25) - Fabio Pescarini/Folhapress

"Quero publicamente agradecer todas as parcerias que o presidente Lula tem feito com o governador Tarcísio, a exemplo do túnel de Santos, a exemplo de um conjunto de investimentos que serão feitos no estado de São Paulo", disse o ministro, em outro trecho da fala, ao se referir a obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

Tarcísio retribuiu a gentileza do ministro, a quem chamou de amigo, e agradeceu a parceria que tem tido e desenvolvido com o governo federal. "Parceria que vai render muitos frutos."

O governador de São Paulo listou uma série de projetos com o governo Lula. "Silvio, obrigado por tudo e transmita nossos agradecimentos e reconhecimento ao governo federal."

Tarcísio disse que a autorização para o leilão de concessão, arrematado pela Aena em agosto de 2022, foi um de seus últimos atos como ministro da Infraestrutura do governo Jair Bolsonaro (PL). O bloco, além de Congonhas, tinha ainda os aeroportos de Campo Grande (MS), Corumbá (MS), Ponta Porã (MS), Santarém (PA), Marabá (PA), Parauapebas (PA), Altamira (PA), Uberlândia (MG), Uberaba (MG) e Montes Claros (MG).

LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.