Descrição de chapéu Campeonato Paulista 2020

Santos perde de virada para Ponte Preta e dá adeus ao Paulista

Equipe de Campinas vai enfrentar o Palmeiras nas semifinais do Estadual

São Paulo

O Santos perdeu de virada para a Ponte Preta nesta quinta-feira (30), por 3 a 1, na Vila Belmiro, e se despediu do Campeonato Paulista nas quartas de final. Nas semis, o time de Campinas encara o Palmeiras. O jogo será no domingo (2), com horário ainda indefinido.

A última vez que uma equipe do interior havia se classificado às semifinais antes deste ano foi na edição de 2017, justamente a Ponte Preta, que naquela ocasião derrotou o Palmeiras, mas acabou superada pelo Corinthians na decisão e ficou com o vice-campeonato.

Na outra semifinal, o Corinthians duelará com o Mirassol. É a primeira vez que duas equipes de fora do grupo dos quatro grandes do estado chegam a essa fase da competição desde 2014, quando Penapolense e Ituano o fizeram.

Com um jogador a menos desde o fim do primeiro tempo, quando Marinho, autor do gol santista aos 5 minutos de partida e melhor atleta da equipe em campo, foi expulso (por deixar o braço no rosto do adversário e receber o segundo amarelo), a equipe do técnico português Jesualdo Ferreira viu o adversário crescer na etapa final e buscar a virada em 15 minutos.

Bruno Rodrigues marcou o primeiro gol da Ponte aos 4 minutos do segundo tempo, Moisés fez o segundo aos 15 e João Paulo fechou o placar aos 42.

Esse foi o quarto jogo seguido em que o time da Baixada Santista teve um jogador expulso. Os próprios atletas admitiram que essa marca já preocupava antes da partida.

Disputa de bola na partida entre Santos e Ponte Preta
Disputa de bola na partida entre Santos e Ponte Preta - Santos FC/Divulgação

Segundo o zagueiro Luan Peres, eles fizeram uma reunião para discutir o assunto. "Conversamos a semana toda e uma das pautas principais foi as expulsões. Eu não sei se foi ou não para cartão [o lance de Marinho], mas não podemos dar essa brecha", reclamou.

Ainda na fase de grupos, o Santos não conseguiu vencer seus últimos três duelos e teve dificuldades justamente por expulsões. Jobson deixou o campo mais cedo na derrota diante do São Paulo (antes da paralisação), Carlos Sánchez foi expulso no empate com o Santo André e Uribe levou um vermelho na derrota para o Novorizontino.

Com um a menos, os jogadores santistas apresentaram mais cansaço do que os atletas da Ponte Preta na etapa complementar, o que pesou para a virada. Os visitantes ainda criaram chances de ampliar o marcador.

A boa atuação da equipe ponte-pretana chama a atenção também pelo fato de o time de Campinas ter lutado contra o rebaixamento no Estadual até a última rodada da fase de grupos. No Grupo A, acabou avançando ao mata-mata como segundo colocado, mas com a 13ª campanha entre 16 times na classificação geral.

Nas semifinais, a Ponte Preta enfrentará o Palmeiras, e o time alviverde terá a vantagem de jogar em seu estádio por ter melhor campanha do que o adversário.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.