Veja data e horário dos jogos das oitavas de final da Libertadores

Athlético, Flamengo, Grêmio, Inter, Palmeiras e Santos representam o Brasil

São Paulo

O sorteio das oitavas de final da Copa Libertadores, nesta sexta-feira (23), no Paraguai, colocou três times argentinos, dois equatorianos e um paraguaio no caminho dos seis brasileiros vivos na disputa.

O Palmeiras, equipe de melhor campanha na fase de grupos, enfrentará o Delfín, do Equador, que teve a segunda pior campanha entre os classificados e estava no mesmo grupo do Santos.

Esse será um confronto inédito para os palmeirenses. No histórico geral contra equatorianos, o time soma 10 vitórias, 2 empates e 4 derrotas. Em 10 jogos pela Libertadores, são 6 vitórias e 4 derrotas —o jogo de ida está marcado para o dia 25 de novembro, às 19h15 (de Brasília), no Equador, e o duelo de volta será no dia 2 de dezembro, às 19h15, no Allianz Parque.

Já o time comandado por Cuca, que teve a segunda melhor performance na fase anterior, terá pela frente outro equatoriano, a LDU, segunda colocada na chave que tinha River Plate e o eliminado São Paulo —o jogo de ida está marcado para o dia 24 de novembro, às 19h15 (de Brasília), em Quito, e o de volta será no dia 1º de dezembro, às 19h15, na Vila Belmiro.

Os santistas já encararam rivais do país 21 vezes. Venceram 11, empataram 4 e perderam 6. Em jogos contra a LDU foram 2 vitórias e 2 derrotas.

O primeiro mata-mata terá ainda três confrontos entre brasileiros e argentinos: o atual campeão Flamengo vai encarar o Racing, o Internacional duelará com o Boca Juniors e o Athletico pegará o River Plate.

O Grêmio enfrentará o Guaraní (PAR) e está do mesmo lado da chave que Santos (seu possível adversário das quartas), Flamengo e Internacional. Estes últimos podem se enfrentar na etapa seguinte se baterem os argentinos.

Já o Palmeiras poderá ter Jorge Wilstermann (BOL) ou Libertad (PAR) como eventuais adversários de quartas de final.

No sorteio, os 16 clubes classificados para o mata-mata foram divididos em dois potes. O único critério para definir o chaveamento foi de que os primeiros colocados deveriam enfrentar os segundos.

Os duelos de ida serão disputados na semana do dia 24 de novembro, e os de volta, na semana do dia 1º de dezembro. A segunda partida será na casa dos primeiros colocados dos grupos. A regra do gol fora de casa passa a valer nessa etapa.

Por ter conseguido a melhor campanha das chaves, o Palmeiras jogará o segundo duelo do mata-mata em seus domínios até as semifinais. A decisão será realizada em jogo único, inicialmente marcado para o Maracanã, em data a ser confirmada no início de 2021.

Antes de realizar o sorteio, a Conmebol fez uma homenagem a Pelé, que completa 80 anos nesta sexta. A confederação apresentou um vídeo com momentos importantes da carreira do brasileiro. Pelé conquistou a Libertadores duas vezes, em 1962 e 1963, pelo Santos.

Taça da Libertadores exposta em Luque, no Paraguai, na sede da Conmebol
Taça da Libertadores exposta em Luque, no Paraguai, na sede da Conmebol - Norberto Duarte - 17.dez.18/AFP

São Paulo encara o Lanús na Sul-Americana

Também nesta sexta-feira (23), a Conmebol realizou o sorteio da segunda fase da Copa Sul-Americana. O São Paulo, que disputará o torneio após ter sido eliminado da Libertadores como terceiro colocado do seu grupo, enfrentará o Lanús (ARG). O time brasileiro fará o jogo de volta em casa.

A competição tem 22 clubes classificados da primeira fase e outros dez vindos da Libertadores. O time tricolor não caía antes das oitavas de final da competição desde 1987. Naquele ano, não conseguiu classificação ao mata-mata em uma chave que tinha o Guarani e os chilenos Colo-Colo e Cobreloa.

Agora, os comandados de Fernando Diniz vão em busca do bicampeonato da Sul-Americana. Em 2012, a equipe paulista conquistou o troféu ao vencer o Tigre (ARG) na final. É a conquista mais recente do São Paulo, que vive um jejum de títulos nos últimos oito anos.

Outros dois brasileiros ainda estão na disputa deste ano. O Vasco pegará o Caracas (VEN) e o Bahia terá pela frente o Melgar (PER).

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.