Livro narra história de Greta Thunberg e mostra o poder do conhecimento

Sai no Brasil "Ninguém É Pequeno Demais para Fazer a Diferença", escrito e ilustrado pela premiada autora americana Jeanette Winter

São Paulo

Ver o mundo por meio dos olhos de Greta Thunberg é enxergá-lo como um lar pelo qual cada um de nós, adulto ou criança, é igualmente responsável.

É o que mostra o livro “Ninguém É Pequeno Demais para Fazer a Diferença” (ed. Cia. das Letrinhas), de Jeanette Winter, autora norte-americana de literatura infantil.

Greta Thunbgerg de marias chiquinhas segurando um cartaz com o título do livro
Capa do livro "Ninguém É Pequeno Demais para Fazer a Diferença" (ed. Cia. das Letras), de Jeanette Winter - Divulgação

Os textos e as ilustrações, ambos de Winter, nos fazem conhecer a trajetória da ativista ambiental sueca Greta e enxergar aquilo que ela percebeu: que “nossa casa está pegando fogo”, como disse ela, hoje com 17 anos, no Fórum Econômico Mundial na Suíça no ano passado.

Da mesma autora, vencedora do Jane Addams Children’s Book Award em 2010, já havia sido publicado no Brasil “Malala - uma Menina Muito Corajosa” (ed. Verus).

Desta vez, Winter nos leva pelas paisagens percorridas por Greta, da criança que se sente invisível àquela que vê o gelo “derretendo ao mar” e cidades “engolidas pelo oceano” enquanto “incêndios ardentes” consomem as florestas.

Nessa travessia, a jovem ambientalista enxerga um presente a ser mudado e um futuro a ser construído. E se torna ela mesma agente da transformação quando se pergunta: “O que posso fazer?”.

Foi respondendo ativamente a essa pergunta que Greta tornou-se, enfim, a ambientalista capaz de ser ouvida por líderes da política e da economia. E passou a incomodar alguns deles.

Greta também conseguiu mobilizar crianças, jovens e adultos de todo o mundo em torno de sua causa: a preservação ambiental e o desenvolvimento sustentável.

Para a autora do livro, a crise do coronavírus evidencia o quanto dependemos uns dos outros. E os efeitos da pandemia reforçam a mensagem de Greta: é preciso mudar.

Podemos extrair lições dessa mensagem que extrapola as questões climáticas para nos colocar a pergunta: o que, então, nós podemos fazer?

“O dom do aprendizado contínuo é um presente valioso”, diz Winter à Folha. Para a escritora, a sede por conhecimento e a coragem para agir são as características que tornaram a sueca muito ouvida mundo afora.

No Brasil, sua influência ficou clara, por exemplo, no último domingo (3) com uma declaração do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto. Ele pediu ajuda a Greta para “salvar as vidas dos protetores da floresta contra a Covid-19”.

Então, esse momento difícil, afirma a autora, é uma oportunidade para se espelhar em Greta, descobrindo novos interesses e habilidades.

Ao cultivar sempre a curiosidade de aprender, não importa a idade, qualquer um pode fazer a diferença. Se tiver coragem para responder, afinal, como pode fazê-lo.

Ninguém É Pequeno Demais para Fazer a Diferença
Autora: Jeanette Winter. Ed. Companhia das Letras. 40 páginas. R$ 44,90

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.