BRF recolhe 464 toneladas de carne de frango por possível presença de salmonela

Do total, 164 toneladas eram destinada ao mercado doméstico e 299, para o exterior

São Paulo | Reuters

A BRF anunciou o recolhimento de aproximadamente 164,7 toneladas de carne de frango in natura destinada ao mercado doméstico devido ao risco de contaminação por salmonela, mostrou comunicado divulgado nesta quarta-feira (13).

O recall atinge embalagens da marca Perdigão.

A BRF também disse que removeu outras 299,6 toneladas de carne de frango in natura destinada ao mercado internacional como medida de precaução pelo mesmo motivo. A empresa informou ainda que a carne recolhida saiu de sua unidade de Dourados, no Mato Grosso do Sul.

Pintinhos em granja
BRF recolhe carne de frango por possível presença de salmonella - Adriano Vizoni/Folhapress

A empresa "destacou um grupo de especialistas para investigar as origens deste único caso para garantir a adoção das medidas apropriadas para evitar recorrência". A BRF afirmou ainda que a fábrica em Dourados segue funcionando sob um processo rigoroso de manutenção e liberação dos produtos para assegurar que a ocorrência foi pontual e não se repetirá.

Segundo a empresa, o recall foi informado ao Ministério da Agricultura e à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Em nota, a companhia afirma que a Salmonella enteritidis representa risco à saúde, se os alimentos não forem fritos, cozidos, assados ou manuseados conforme descrito nas embalagens. Nesses casos, o consumo pode causar "infecção gastrointestinal, cujos sintomas mais comuns são: dores abdominais, diarreia, febre e vômito."

O consumidor que tiver comprado produtos dos lotes descritos abaixo pode entrar em contato pelo telefone 0800 031 13 15, ou pelo e-mail recolhimento@brf-br.com, para esclarecer dúvidas, trica ou devolução.

Nome Lote – Data de Produção (SIF 18) Conteúdo e Embalagem Registro Mapa
Cortes Congelados de Frango – Coxas e Sobrecoxas sem osso 6.11.18; 9.11.18 e 10.11.18 Caixa de papelão (interfoliado) 15 kg 0177/18
Cortes Congelados de Frango – Meio peito sem osso e sem pele 30.10.18; 7.11.18; 9.11.18 e 10.11.18 Caixa de papelão (interfoliado) 15 kg 0209/18
Cortes Congelados de Frango – Filezinho (Sassami) 30.10.18; 5.11.18; 6.11.18; 7.11.18; 9.11.18; 10.11.18 e 12.11.18 Embalagem plástica 1 kg 0223/18
Miúdos Congelados de Frango – Coração 30.10.18; 5.11.18; 6.11.18; 7.11.18; 9.11.18; 10.11.18 e 12.11.18
Embalagem plástica 1 kg
0174/18
Cortes Congelados de Frango –  Filé de peito 30.10.18 e 9.11.18 Embalagem plástica 2 kg 0230/18

No fim de 2017, a BRF foi investigada na operação Carne Fraca, da Polícia Federal, que apontou pagamento de propinas a servidores do Ministério da Agricultura por alguns dos maiores frigoríficos do país, em troca de facilidades diversas. 

Dezenas de investigados, entre eles funcionários públicos e executivos das empresas, incluindo a BRF, foram indiciados por corrupção, crimes contra a ordem econômica e falsificação de produtos alimentícios, entre outros crimes. 

A operação teve forte impacto sobre o setor, afetando as exportações brasileiras, em razão de suspeitas sobre a eficiência do controle sanitário dos produtos.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.