Descrição de chapéu Rússia feminicídio

'Este governo de mentalidade atrasada prejudica nossas crianças', diz leitora

Está demorando para o mundo democrático banir esses ditadores do nosso sistema econômico

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Pasta da ignorância
É lamentável que crianças brasileiras sejam prejudicadas por esse governo de mentalidade atrasada, preconceituosa, incapaz de enxergar que não é "ideologia de gênero" o que se ensina nas escolas, mas educação sexual. E o objetivo é prevenir o sofrimento que afeta sobretudo crianças e adolescentes mais pobres, sujeitas à gravidez precoce, ao abuso sexual desde a infância e a doenças transmissíveis. A fala do ministro da Educação é revoltante e desumana (editorial "Pasta da Ignorância", Opinião, 14/3).
Eliana França Leme (Campinas, SP)

Projeção de luzes compondo o arco-íris no Congresso Nacional, em Brasília (DF), no dia do Orgulho LBGTQIA+. - Wallace Martins - 29.jun.2021/Futura PressFolhapress

Educação
"Pesquisa relaciona melhora na educação e diminuição da violência" (Cotidiano, 14/3). Enésima constatação da óbvia relação entre investimento no estudo e uma melhor e mais equilibrada convivência. Quando tais relações evidentes levarão à valorização da educação?
Pedro Paulo A. Funari, professor titular do Departamento de História da Unicamp (Campinas, SP)


Ditadores
Rússia, Tchetchenia, Belarus... Está demorando para o mundo democrático banir esses ditadores do nosso sistema econômico. Podemos, sim, viver sem eles.
Otávio de Queiroz (Cabreúva, SP)


O que é pior: o político canalha e corrupto ou o seu eleitor?

André Coutinho

Campinas, SP

Ucranianas
"Carta de agradecimento às ucranianas" (Ana Cristina Rosa, Opinião, 14/3). Acho ótimo que a máscara do senhor Arthur do Val tenha caído. Mas é muito cedo para achar que estamos livres dele. Tudo vai depender da Assembleia Legislativa de São Paulo, cujo histórico de rigor com a falta de decoro de seus deputados não é lá muito animador. E se Mamãe não for cassado, não faltarão misóginos para reelegê-lo.
Marcelo Dawalibi (São José dos Campos, SP)


26 vezes
"Morte por Covid entre não vacinados em SP é 26 vezes maior do que naqueles já imunizados" (Mônica Bergamo, 13/3). Aguardando explicações de Bolsonaro, que tanto fez propaganda da cloroquina: ou seja, tem participação importante em todos esses óbitos.
Paulo Bittar (São Paulo, SP)

Não há prova que convença a ignorância extrema. O sujeito na Presidência acredita mesmo no negacionismo. Acho até que se ele estiver morrendo ele vai achar outra explicação que não o negacionismo. Para esses não há o que fazer.
Francisco Eduardo de Carvalho Viola (São José dos Campos, SP)

E não adianta Bolsonaro vir falar agora que é a favor da vacina, que comprou vacina etc. Se não fosse o Doria, teria morrido muito mais gente. E olha que eu acho o Doria um Bolsonaro de fino trato e penso que ser melhor que o Bolsonaro não é grande coisa.
Carlos Telles (Porto Alegre, RS)

Nunca pensei em viver para presenciar um experimento de seleção natural em larga escala como esse. Vivendo e aprendendo... Privilégio de quem tem consciência e não terceirizou sua cognição. Bem-vindo ao mundo dos vivos.
Rinaldo Souza Coelho (Rio de Janeiro, RJ)

É a mais pura verdade que a vacina é feita de fetos humanos e que tem um microchip chinês que vai se apossar do nosso cérebro. Mesmo assim, é melhor viver.
José Roberto Gomes Rocha (Aracaju, SE)


Combustíveis
"Gasolina mais cara e subsídio ao diesel seriam ótimos para as cidades, o ambiente e os pobres" (Nabil Bonduki, 14/3). O articulista esquece dois pontos importantes: 1. Nem todos os consumidores de gasolina são privilegiados (há os entregadores de moto e motoristas de aplicativo; 2. Já existe a Cide (hoje zerada), que, incidindo somente sobre a gasolina, contribuiria para incentivar o transporte público (movido a diesel) e o uso de etanol, alternativa melhor do ponto de vista do aquecimento global.
Ricardo Brock (Rio de Janeiro, RJ)

Imposto sobre gasolina em países desenvolvidos tem função extra fiscal (desestimular o consumo de combustíveis fósseis). Lá eles podem, porque já é possível usar carros elétricos diariamente. Aqui o governo deveria zerar os impostos sobre a venda dos elétricos e torcer para que a infraestrutura viesse a reboque. Pouco crível.
João Silva (São Paulo, SP)

Por que em São Paulo todo mundo que pode anda de carro e em cidades como Londres, Tóquio e Nova York, cuja população tem maior poder aquisitivo e onde os carros são mais baratos, a maioria anda de transporte público? Eu adoraria andar somente de transporte público por aqui. Mas fica uma semana dependendo dele para ver se não volta correndo para o carro.
Angela May Iwama Okuno (São Paulo, SP)


Diversidade e tecnologia
Em fevereiro, o Senado formou a Comissão Jurídica para o PL da Inteligência Artificial. Tal movimento demonstra atenção aos debates tecnológicos, mas o grupo, com 11 homens e 7 mulheres, deixou de incluir negros, pardos e indígenas. Atentar-se aos vieses algorítmicos e às repercussões sociais pode evitar danos futuros, e para isso é necessário diversidade.
João Paulo Candia Veiga, pesquisador do Center for Artificial Intelligence, Laura Simões Camargo, pesquisadora do Center for Artificial Intelligence, e Thiago Gomes Marcílio, membro do grupo de pesquisa Ethics4AI-IDP (Brasília, DF)


'Belfast'
Inácio Araújo detestou o filme "Belfast" . Fui assistir ao filme e adorei: direção brilhante (Kenneth Branagh), atores excelentes, personagens adoráveis, caracterização de época impecável etc. Sou um simples apaixonado por cinema, porém recomendo o filme a todos os assinantes da Folha.
Francisco José Bedê e Castro (São Paulo, SP)

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.