Descrição de chapéu Eleições 2020

Bruno Covas vive em apê de 'quarentão com filho adolescente' na Barra Funda

Espaço tem móveis utilitários escolhidos com a ajuda da ex e capacete do Senna

São Paulo

O apartamento de 70 m² em que vive o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), na Barra Funda, zona oeste, não teve decorador: seu estilo faz a linha “quarentão com filho adolescente”, brinca o candidato à reeleição.

Os móveis da casa foram comprados com a ajuda da ex-mulher, Karen Ichiba. “Falei o que precisava e ela foi procurando nas lojas. Depois, mandava [fotos] por WhatsApp e eu ia escolhendo”, diz. O candidato, que vivia em um flat no Panamby, decidiu ficar mais perto do centro após se tornar vice-prefeito.

Chegou a cogitar um prédio na avenida Brigadeiro Luís Antônio, mas o plano não vingou. “Aí me falaram deste aqui. Imagina se eu ia ficar olhando 40 apartamentos. O primeiro eu já achei bom.”

Há três anos, ele tem como vista da varanda o Memorial da América Latina, o terminal Barra Funda, o Allianz Parque e a serra da Cantareira.

A decoração de jeitão utilitário (mesa de jantar, rack para TV, sofá) é pincelada por objetos pessoais: ímãs de diferentes países e fotos cobrem a geladeira. Uma delas é do avô Mário Covas (1930-2001), que foi governador paulista.

Ao lado, na prateleira, fica a réplica do capacete do piloto Ayrton Senna, de quem é fã desde menino. “Impressionante como ele mudava nossas rotinas no fim de semana.”

A única escrivaninha do imóvel é usada pelo filho, Tomás,15, para jogar videogame e fazer lição. Covas não é de levar trabalho para casa —prefere ficar até tarde na prefeitura. “Aqui eu desestresso, vejo uma série, leio e faço lição com o Tomás.”

O filho é quem cuida do cachorro Volpi, que ganhou o nome em homenagem a outro cão, que foi de Mário Covas.

O prefeito cozinha pouco: faz macarrão, ovo mexido, hambúrguer. No freezer, há comida congelada com opções fit, herança do tempo de reeducação alimentar.

Também pede refeições por aplicativos e vai a restaurantes no shopping Higienópolis e na praça Vilaboim. Com a campanha, porém, o cardápio inclui pastel de feira, bolo e pão na chapa a rodo.

Um bar com garrafas de vodca, gim, uísque e vinho fica perto da porta de entrada. As bebidas, no entanto, estão intocadas desde o ano passado, quando Covas recebeu o diagnóstico de câncer.

O candidato, que segue em tratamento imunoterápico, teve ainda Covid-19. Neste ano, fez home office, como muitos brasileiros, e morou por 80 dias na prefeitura.

*

Bruno Covas, 40
Filiação PSDB
Intenção de voto 23%*
Cidade natal Santos (SP)
Bairro atual Barra Funda
Vive com O filho, Tomás, 15, que passa temporada na casa do pai durante a pandemia
Estrutura Apartamento com dois quartos, dois banheiros, sala, cozinha e varanda
Tamanho 70 m²
Há quanto tempo mora no local 3 anos
Condição do imóvel Alugado (R$ 4.000/mês)
Bairros onde já viveu Morumbi, Vila Madalena, Vila Leopoldina, Alto de Pinheiros e Panamby
Animal de estimação Volpi, cachorro da raça staffordshire bull terrier

*Segundo pesquisa Datafolha que ouviu 1.204 eleitores paulistanos em 20 e 21 de outubro. A pesquisa foi feita em parceria com a TV Globo

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.