Descrição de chapéu Futebol Internacional

Argentina convoca Messi, que disputará Copa América no Brasil

Lista para Copa América procura renovar, mas sem abrir mão de nomes históricos

Alex Sabino
São Paulo

​Com Lionel Messi na lista, o técnico Lionel Scaloni convocou os 23 jogadores da seleção argentina para a Copa América deste ano, no Brasil. Os nomes foram divulgados nesta terça (21)

​A inclusão do camisa 10 do Barcelona já era esperada. Ele disputou apenas uma partida pela seleção após a Copa do Mundo do ano passado (derrota em amistoso contra a Venezuela), mas já tinha avisado a Scaloni que estava à disposição para o torneio.

Lionel Messi comemora o gol marcado por ele contra a Nigéria, na Copa do Mundo do ano passado
Lionel Messi comemora o gol marcado por ele contra a Nigéria, na Copa do Mundo do ano passado - Sergio Perez-26.jun.18/Reuters

Além dele, o treinador (que era um dos auxiliares de Jorge Sampaoli no Mundial) chamou mais oito jogadores que estiveram na Rússia: Franco Armani (goleiro do River Plate), Nicolás Otamendi (zagueiro do Manchester City-ING), Nicolás Tagliafico (lateral do Ajax-HOL), Marcos Acuña (lateral/meia do Sporting-POR), Giovani Lo Celso (meia do Real Bétis-ESP), Ángel Di María (meia-atacante do Paris Saint-Germain-FRA), Paulo Dybala (meia-atacante da Juventus-ITA) e Sergio Aguero (atacante do Manchester City-ING).

Dos que estiveram na Copa, Javier Mascherano e Lucas Biglia se aposentaram da seleção e pediram para não serem chamados mais. 

Será no Brasil que a Argentina tentará quebrar um jejum de 26 anos sem a conquista de um título de expressão. O último foi em 1993, na Copa América do Equador. Lionel Messi precisa também do título para evitar as cobranças que quase já o fizeram desistir da seleção. Ele faz parte da equipe que foi vice das Copas Américas de 2015 e 2016 e da Copa do Mundo de 2014. Ele também estava no elenco em 2007, quando a equipe foi derrotada pelo Brasil na decisão, embora fosse uma geração anterior à atual.

A maior surpresa da lista foi a convocação do lateral Milton Casco, do River Plate. Ele não havia sido citado por Scaloni nenhuma vez e entrou no lugar de Gabriel Mercado, do Sevilla-ESP, que era titular da posição. Outro nome pouco esperado era o zagueiro Juan Foyth, do Tottenham Hotspur-ING. Mas como disputará a final da Champions League em 1 de junho, ele só vai se apresentar à seleção em cima da hora para o torneio. 

Também chamou a atenção a presença do lateral Saraiva, do Racing, e a ausência de Mauro Icardi, artilheiro da Internazionale. Ele era a principal dúvida da convocação. 

A Copa América acontece de 14 de junho a 7 de julho e as partidas vão acontecer em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte e Salvador.

A Argentina está no grupo B com Qatar, Colômbia e Paraguai. A estreia será em 15 de junho, contra os colombianos. É um dos quatro jogos do torneio que estão com ingressos esgotados.

Veja abaixo a lista completa de convocados:

Goleiros: Andrada (Boca Juniors), Armani (River Plate) e Marchesín (América-MEX)

Defensores: Casco (River Plate), Foyth (Tottenham-ING), Funes Mori (Villarreal-ESP), Otamendi (Manchester City-ING), Pezzella (Fiorentina-ITA), Saraiva (Racing) e Tagliafico (Ajax-HOL)

Meio-campo: Acuña (Sporting-POR), De Paul (Udinese-ITA), Di María (PSG-FRA), Lo Celso (Real Bétis-ESP), Palacios (River Plate), Paredes (PSG-FRA), Pereyra (Watford-ING), Rodríguez (América-MEX)

Atacantes: Aguero (Manchester City-ING), Dybala (Juventus-ITA), Martínez (Internazionale-ITA), Messi (Barcelona-ESP) e Suárez (River Plate)

Os jogos da Argentina na primeira fase serão:

15.jun.19 - Argentina x Colômbia (Fonte Nova)

19.jun.19 - Argentina x Paraguai (Mineirão)

23.jun.19 - Argentina x Qatar (Arena do Grêmio)

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.