dias melhores

É pra rodar: três rotas temáticas de bike para aproveitar SP com calma

Gui Gomes/Folhapress
Ciclovia da avenida Paulista
Ciclovia da avenida Paulista

A sãopaulo preparou roteiros temáticos —histórico, no centro, pop, na paulista, e gastronômico, em Pinheiros— para quem quer conhecer ou reconhecer a cidade a partir desse ângulo.

E nem precisa ser atleta, os trajetos são fáceis de fazer. Quer pedalar sem pressa? Faça um por dia.

*

Rota histórica no centro

Centro histórico

Desça na estação São Bento do metrô e caminhe até o largo do Paissandu. Lá, você consegue alugar uma magrela da rede BikeSampa (mobilicidade.com.br) e dar início ao seu rolê

1. Contorne o lgo. do Paissandu para chegar à Galeria do Rock, reduto da diversidade e da juventude

2. Pegue a av. Cásper Líbero e vá até a Sala São Paulo

3 e 4. Continue na ciclovia da av. Duque de Caxias, que culmina na av. São Luís: passe pelo Edifício Itália e pela Biblioteca Mário de Andrade

5. Siga em direção à pça. Ramos de Azevedo para ver o Theatro Municipal

6. Ali perto, no viaduto do Chá, está o shopping Light

7. Pela r. Libero Badaró, passe pelo Edifício Martinelli

8. O Pateo do Collegio é o próximo ponto turístico a ser visto se você seguir pela r. Boa Vista

9. Na praça da Sé você vai passar em frente à construção art déco que abriga a Caixa Cultural

10. Por fim, chegue à Catedral da Sé

Para não precisar retornar, devolva a bike no bicicletário do terminal Bandeira.

-

Rota pop na Paulista

Paulista pop

A estação Consolação de metrô é o ponto mais próximo do bicicletário CicloSampa (ciclosampa.com.br), que fica no Teatro Renaissance, onde você aluga a bike do dia

1. Volte para a av. Paulista e pare para socializar com os amigos ciclistas, que dão nome à praça na altura do número 2.439

2. Seguindo em direção ao Paraíso, você irá passar em frente ao Conjunto Nacional, misto de shopping e prédio residencial

3. Uma desculpa para fazer outra pausa: uma das vitaminas da lanchonete Banana Split

4 e 5. Logo adiante você verá o Masp, construção de Lina Bo Bardi. Vale dobrar à esquerda e descer até o Mirante 9 de Julho, centro cultural mais hypado da cidade

6. O Centro Cultural Fiesp - Ruth Cardoso abriga galeria de arte, teatro, livraria e café

7. O número 900 da via é a sede da TV Gazeta e da Faculdade Cásper Líbero. É lá também que fica o cinema Reserva Cultural

8. Palco de diferentes mostras interativas, o Itaú Cultural apresenta até 30/4 a "Ocupação Laura Cardoso"

9. Boa notícia: a Casa das Rosas possui bicicletários e um café —ótima combinação

10. Tem pique? Pedale até o parque Ibirapuera

Perto do portão 6 do parque Ibirapuera, na r. Macau, há um bicicletário da CicloSampa

-

Rota gastronômica em Pinheiros

Pinheiros gastronômico

Desça na estação Pinheiros do metrô e alugue uma bike das laranjinhas (mobilicidade.com.br) ali mesmo —e partiu

1. Pedale pela r. dos Pinheiros sentido r. Henrique Schaumann. Você passará pelo KOF (King of the Fork) —que, além de ótimos cafés e quitutes, oferece acessórios para as magrelas

2 e 3. Ali perto, na r. Mateus Grou, ficam a Collector55, loja de decoração descolada (à esq., no número 503) e a doceria Da Feira ao Baile (à dir., no número 80)

4. Pare na Frida & Mina para um sorvete

5. Assim como o KOF, o Las Magrelas têm vocação ciclística: é um misto de bar e bicicletaria

6. Se for um sábado, aproveite e vá até a feira de antiguidades da pça. Benedito Calixto

7, 8 e 9. Volte para o largo da Batata e estacione sua magrela. O roteiro gastronômico continua no Mercado de Pinheiros. Satisfeito? Vá até o Sesc Pinheiros para checar se a programação lhe agrada

10. Se curte compras, continue pela av. Brigadeiro Faria Lima para chegar ao shopping Iguatemi

Retorne até o metrô para deixar sua bicicleta e voltar para casa —ou hotel

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Últimas

  1. 30/06/2017
    1. Presidente do Instituto Lula diz que não sabia que Odebrecht compraria terreno

      O presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, afirmou nesta sexta (30), em depoimento à Justiça, que visitou o terreno comprado pela Odebrecht na busca de uma nova sede para a entidade, mas disse que nunca soube que a empresa pagaria pelo imóvel.

  2. 08/04/2017
    1. Confira 11 endereços em São Paulo onde provar culinárias de diferentes países

    2. Prefeito João Doria, Tom Zé e mais 20 personalidades indicam seus lugares favoritos em SP

      O Descubra sãopaulo convidou 22 personalidades paulistanas a indicar seus lugares preferidos na cidade. Confira as sugestões:

    3. Rock e rap se misturam a roupas e cabelos black e fazem da Galeria do Rock a 'meca' da diversidade

      No entra e sai de uma galera majoritariamente jovem e com estilo, uma lojinha no segundo andar guarda, entre tantas preciosidades, um disco raro: o primeiro LP do baiano Tom Zé, "Grande Liquidação", gravado em 1968.

    4. Festas itinerantes como a Selvagem e a Venga, Venga! ajudam a descobrir a noite paulistana

      Festas itinerantes, realizadas em galpões e espaços abandonados da cidade, propõem uma experiência diferente e mais intensa do que aquelas típicas de clubes e ganham cada vez mais força na noite paulistana. Conheça algumas delas.

    5. 25 de Março: saiba o que encontrar no centro de compras mais movimentado de SP

      Parece uma grande bagunça, mas a região da 25 de março tem lá a sua organização. Siga o nosso guia de ruas e não se perca

    6. Hotéis cinco estrelas e hostels em São Paulo: hospedagens para todos os bolsos

      Hotel é lugar para cair no sono? Só se for, é claro, depois daquela massagem caprichada. Dê uma espiada nas terapias de spas de oito cinco estrelas.

    7. Câmara Fria, Brewdog Bar e outras novas cervejarias em SP têm boa oferta de chopes

      Pelo menos cinco grandes cervejarias instalaram seus bares na cidade, fermentando o cenário etílico da capital —se na garrafa ela já é boa, imagine a cerveja fresca.

    8. Bacio Di Latte, Diletto e mais sorveterias em SP para se deliciar em qualquer estação

      No palito, com receita italiana ou ingredientes brasileiros, sorveterias atraem público do outono ao verão.

    9. Roteiro em 48h mostra como curtir o que São Paulo tem de melhor

      Clássico é clássico. Quando se tem apenas 48h para descobrir (ou redescobrir) São Paulo é preciso montar um roteiro inteligente, com atrações imperdíveis, que são a cara da cidade.

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5
Publicidade