Palmeiras anuncia Anderson Barros como novo diretor de futebol

O profissional, ex-Botafogo, vai ocupar o cargo que era de Alexandre Mattos

S√£o Paulo

Dez dias após demitir Alexandre Mattos, 43, o Palmeiras anunciou nesta quarta-feira (11) o seu novo diretor de futebol. Anderson Barros, 51, que estava no Botafogo, vai assumir o cargo na diretoria alviverde.

O profissional assinou contrato de dois anos com o time paulista. Barros √© formado em Educa√ß√£o F√≠sica (UFRJ) e bacharel em direito pela Gama Filho, al√©m de possuir p√≥s-graduado em administra√ß√£o esportiva pela Funda√ß√£o Get√ļlio Vargas.

Anderson Barros, novo diretor de futebol do Palmeiras
Anderson Barros, novo diretor de futebol do Palmeiras - Divulgação

O dirigente construiu boa parte de sua carreira no futebol do Rio de Janeiro, onde passou por tr√™s clubes grandes: Flamengo (2004-2005), Vasco (2017) e Botafogo (2009-2012 e 2018 e 2019).

Ele também atuou por Figueirense (2006-2008), Bahia (2013), Coritiba (2014) e Vitória (2015-2016).

No Palmeiras, ter√° a miss√£o de ajudar a diretoria em sua busca por um novo t√©cnico. O clube est√° sem treinador desde a sa√≠da de Mano Menezes, demitido junto com Alexandre Mattos.

Antes de fechar com Barros, o Palmeiras tentou contratar, ao menos, outros dois profissionais, mas n√£o chegou a acordo com eles.

Diego Cerri, do Bahia, declinou do convite. "Na tarde desta ter√ßa (10), comuniquei ao presidente do Palmeiras, Maur√≠cio Galiotte, que, apesar de honrado com o convite feito para assumir a dire√ß√£o de futebol do clube, tomei a decis√£o pela perman√™ncia no Bahia", disse, em nota publicada no site do time baiano. 

Al√©m dele, Rodrigo Caetano foi outro nome procurado pelo Palmeiras, mas o diretor do Internacional recusou qualquer oferta para deixar o time ga√ļcho. "Comuniquei a diretoria da minha decis√£o e entrei em contato com os clubes que me procuraram para agradecer aos convites."

Coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.