Descrição de chapéu Mundial de Clubes 2019

Após Mundial, Flamengo começa a definir futuro de Jesus, Gabriel e reforços

Atacante é peça central para o plano de formar hegemonia no Brasil

Doha

Assim que se recuperar da derrota para o Liverpool na final do Mundial de Clubes, o Flamengo começa a se planejar para 2020. A conquista dos títulos estadual, brasileiro, da Libertadores fez de que o clube, com seu faturamento estimado de cerca de R$ 900 milhões em 2019, vislumbrar a possibilidade de construir uma hegemonia do futebol brasileiro.

A prioridade é manter manter o atacante Gabriel no elenco. O jogador tem postergado a conversa para definir se fica ou não na Gávea. A expectativa é que da definição aconteça na próxima semana.

Ele está emprestado pela Inter de Milão (ITA) até 31 de dezembro e o clube brasileiro tem um acordo alinhavado com o italiano para ter o atacante em definitivo. A questão é se ele deseja permanecer no Brasil ou se espera que apareça uma oferta para retornar à Europa.

“Deixa terminar tudo primeiro, não é? Depois a gente senta e conversa”, disse o camisa 9, artilheiro da equipe na temporada, após a semifinal contra o Al-Hilal.

Esta é a negociação mais urgente porque se Gabriel não ficar, a diretoria terá de buscar um substituto. No hotel Gran Hyatt em Doha, durante o Mundial, o presidente Rodolfo Landim disse estar sossegado quanto a isso. Quando foi questionado por torcedores, evitou dar 100% de certeza de que o atacante continuaria, mas considerou o assunto bem encaminhado.

De acordo com o jornal italiano La Gazzetta dello Sport, a Inter gostaria de receber 25 milhões de euros (cerca de R$ 112 milhões) parcelados pelo atacante, que gostaria de receber 6 milhões de euros (cerca de R$ 27 milhões) anuais de salários.

Gabriel comemora vitória sobre o Al Hilal na semifinal do Mundial
Gabriel comemora vitória sobre o Al Hilal na semifinal do Mundial - Giuseppe Cacace - 17.dez.2019/AFP

A segunda pendência a ser resolvida pela diretoria é a permanência de Jorge Jesus, mas Landim considera que neste caso é preciso esperar um pouco mais.

O próprio treinador afirma que só sairia caso se concretize alguma das “cinco possibilidades” que falou em entrevista na última sexta-feira (20). Ele não citou o nome dos clubes. Ao mesmo tempo que diz isso, faz elogios ao Flamengo e deixa claro desejar participar do projeto do clube para os próximos anos.

Se ficar, o português gostaria de ter mais opções no elenco. Como o projeto de ganhar todos os torneios em disputa, ele acredita necessitar de mais peças de reposição.

O Flamengo já tem um acordo com o zagueiro Gustavo Henrique, do Santos. Pedro Rocha, atacante do Spartak Moscou (RUS) que disputou o último Campeonato Brasileiro pelo Cruzeiro também tem negociação encaminhada e o time brasileiro espera o aval dos russos para anunciar a contratação.

O Flamengo fez 74 partidas em 2019. Poderia ter sido mais se não tivesse caído nas quartas de final da Copa do Brasil. E ainda terá em 2020 a Recopa Sul-Americana contra o Independiente del Valle (EQU).

 
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.