Saltar para o conteúdo principal
 
17/03/2013 - 09h30

Livro traz recomendações para escrever textos técnicos

da Livraria da Folha

Divulgação
Saiba como escrever relatórios e documentos profissionais
Saiba como escrever relatórios e documentos profissionais

A comunicação é uma das principais ferramentas de qualquer negócio de sucesso. Transmitir ideias e ser compreendido é de extrema importância no meio empresarial. Muitas vezes, isso tudo é feito via e-mail, ou por meio de memorandos e apresentações. Desta forma, é imprescindível dominar a arte da escrita.

Enem Nota Máxima' traz simulados e conteúdo digital
Repórter especial da Folha dá dicas de escrita; ouça

O livro "Como Escrever Textos Técnicos e Profissionais", parte da coleção "Guias do Escritor", apresenta orientações para elaborar relatórios, cartas e documentos eficazes.

De acordo com a obra, as cinco recomendações para tornar um texto digno de ser apresentado no meio executivo são: usar parágrafos curtos, colocar títulos criativos, deixar alguns elementos em destaque, acrescentar ilustrações e empregar o espaçamento de forma correta.

Abaixo, leia um trecho do exemplar.

*

Não construir parágrafos muito extensos

A visão de um texto com parágrafos muito extensos costuma afastar o leitor logo de entrada. A impressão que causa, à primeira vista, é que se trata de um texto pesado e enfadonho. É claro que nem sempre de deve pensar assim. O texto pode ser claro e estar bem estruturado em longos parágrafos. No entanto, sua aparência pode de fato levar o leitor a uma aproximação superficial.

Para evitar esse risco, é bom recorrer com frequência ao uso do ponto, abrindo parágrafos menores e adotando outras táticas para oxigenar o texto e lhe dar uma aparência mais convidativa.

Mas sem cair no exagero contrário, pois também não é recomendável criar um parágrafo para cada frase, dando a impressão de um texto sem coesão. Um parágrafo com duas a cinco frases é uma boa medida. Parágrafos de extensão variada, suprimindo-se- os muito extensos, são um caminho sensato para que nossos textos se tornem visualmente atraentes. Ver "Ressaltar os elementos".

Utilizar títulos

Em textos de várias páginas pode ser muito útil dividi-los em partes intituladas. Os títulos saltam aos olhos e, se forem escolhidos com acerto, podem estimular o leitor a prestar atenção ao texto assim que o receba. Além disso, facilitam a leitura, organizando a sucessão das ideias e indicando ao destinatário os aspectos fundamentais do texto. Por outro lado, permitem também que o leitor interessado numa determinada parte do texto possa ir até ela rapidamente.

Ressaltar os elementos

Para que o leitor não precise desbravar extensos parágrafos e o texto seja fácil percorrer, podemos interromper a enumeração de ideias ou dados, convertendo-a em listas verticais, muito mais esclarecedoras.

Há outras formas de ressaltar elementos (palavras em negrito ou em cursiva, grifar, etc.), mas, exceto no caso dos títulos, são menos aconselháveis e, por dizer assim, acabam sujando o texto.

Acrescentar ilustrações

Para ativar a memória visual do nosso destinatário, nada melhor do que reforçar a informação transmitida com gráficos, tabelas ou outros tipos de ilustração.

Longe de tirar a importância ou seriedade da mensagem escrita, as ilustrações mostram a ideias e às vezes são mais eficazes que várias páginas de texto repletas de dados e considerações. Se o nosso destinatário, além de ler a nossa mensagem, "vê" o que lhe queremos transmitir, é muito mais fácil que nos entenda, pois serão dois canais de comunicação: a palavra e a imagem.

Em muitas ocasiões, portanto, valerá a pena dedicar algum tempo na elaboração de um gráfico (hoje, com os recursos da informática é possível realizar esse trabalho com muita facilidade). Serão maiores as chances de alcançar nosso objetivo.

Empregar formato com bom espaçamento

Optar por um formato com bom espaçamento entre linhas e com margens amplas ajuda muito a tornar o texto mais atraente. Devemos economizar no uso do idioma, mas não nos espaços.

Como dispor o texto na folha de papel? Existem muitas formas, dependendo do documento em questão, mas podemos apresentar algumas indicações padronizadas.

O texto deve aparecer no centro da folha, limitado por uma margem superior, outra inferior e margens de ambos os lados.

A margem inferior deve medir entre 3 e 3,5 cm. É o lugar onde aparecerá o número da página - centrado ou à direita - se, o documento tiver várias páginas. Por vezes, o timbre da empresa poderá aparecer na margem inferior, e não na superior.

A margem direita deve ter entre 2 e 2,5 cm, e a esquerda deve ser igual ou maior que a direita. Se a ideia é encadernar o documento, a margem esquerda deverá ser ainda maior.

Estas medidas são adequadas para o caso de o texto ocupar toda a página. Caso contrário, será preciso ampliar as margens superior e inferior, a fim de que o texto fique centralizado.

Quanto ao texto em si, é preciso definir que tipo de parágrafo e de alinhamento usar. Existem vários tipos de parágrafo, mas o dois mais comuns são:

  • O parágrafo clássico ou português, com um espaço à entrada da primeira linha, sem espaço entre parágrafos.
  • O parágrafo moderno ou alemão: todas as linhas do parágrafo alinhadas à esquerda, sempre com espaço entre os parágrafos.

Quanto ao alinhamento, os tipos mais utilizados são:

  • O parágrafo justificado: alinhamento à esquerda e à direita.
  • O parágrafo com recuo à direita, alinhado à esquerda.

*

"Como Escrever Textos Técnicos e Profissionais"
Autor: Felipe Dintel
Editora: Gutenberg
Páginas: 96
Quanto: R$ 21,00 (preço promocional*)
Onde comprar: Pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques. Não cumulativo com outras promoções da Livraria da Folha. Em caso de alteração, prevalece o valor apresentado na página do produto.

Texto baseado em informações fornecidas pela editora/distribuidora da obra.

 
Voltar ao topo da página