Saltar para o conteúdo principal
 
04/09/2013 - 15h05

Gandhi era racista e escreveu cartas a Hitler, diz livro

da Livraria da Folha

Mahatma Gandhi defensor do princípio de não agressão e da desobediência civil, homem que lutou para libertar a Índia do domínio britânico, também tem "telhado de vidro". Segundo Leandro Narloch, Gandhi era racista e enviou mensagens ao líder nazista.

"Dizem que Gandhi considerava os negros uma raça inferior, tinha teorias sexuais excêntricas e incompatíveis com as cenas do tipo tarja preta da sua vida e até escreveu cartas carinhosas a Adolf Hitler", escreve Narloch em "Guia Politicamente Incorreto da História do Mundo".

No capítulo "Em Defesa do Gandhi Canastrão", o autor compila diversas informações e curiosidades constrangedoras para a imagem da "grande alma". Sobre as teorias sexuais, o celibato, mesmo no casamento, era aconselhado. "Era uma espécie de puritanismo radical", diz.

Narloch lembra a polêmica envolvendo a biografia "Mahatma Gandhi e sua luta com a Índia", de Joseph Lelyveld, quando o título foi publicado na Índia. "Irritou milhares de indianos por sugerir que Gandhi mantinha o celibato com mulheres --mas só as mulheres".

Divulgação
Nem Gandhi escapa de "Guia Politicamente Incorreto da História do Mundo"
Nem Gandhi escapa do novo "Guia Politicamente Incorreto" de Narloch

Em "Guia Politicamente Incorreto da História do Mundo", o quarto livro da série, Narloch derruba mitos, combate ideias tradicionais e apresenta paradoxos da história, como a exploração do trabalho infantil em fábricas inglesas do século 19, as consequências do neocolonialismo e o sexo na Idade Média.

No primeiro livro da série, "Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil", Narloch narra a história do Brasil sem apego patriótico e contrariando as concepções marteladas em livros didáticos. Em 2009, ano de seu lançamento, "Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil" permaneceu entre os mais vendidos na categoria de não ficção. Chegou a receber nova tiragem.

Usando a mesma fórmula, "Guia Politicamente Incorreto da América Latina" foi escrito em parceria com Duda Teixeira. O título apresenta alguns dos personagens e fatos marcantes da história latino-americana. O segundo volume também figurou entre os campeões de vendas por meses.

O terceiro, "Guia Politicamente Incorreto da Filosofia", foi escrito por Luiz Felipe Pondé. O texto não é sobre a história da filosofia, mas apresenta ensaios sobre capitalismo, religião, mulheres, instintos humanos, preconceito, felicidade e covardia. Como os outros títulos, atraiu a curiosidade dos leitores.

Leia trecho de "Guia Politicamente Incorreto da História do Mundo".

*

"Guia Politicamente Incorreto da História do Mundo"
Autor: Leandro Narloch
Editora: LeYa
Quanto: R$ 31,90 (preço exclusivo de pré-venda*)
Onde comprar: pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques. Não cumulativo com outras promoções da Livraria da Folha. Em caso de alteração, prevalece o valor apresentado na página do produto.

Texto baseado em informações fornecidas pela editora/distribuidora da obra.

 
Voltar ao topo da página