Saltar para o conteúdo principal
 
31/12/2010 - 23h59

Compositor do Destiny's Child batizou Lady Gaga com hit do Queen nos anos 80

da Livraria da Folha

Divulgação
Lady Gaga já tem quatro livros publicados no Brasil sobre sua carreira
Lady Gaga já tem 4 livros no Brasil; filha de pais ítalo-americanos, ela nasceu em NY em 28 de março de 1986
Divulgação
"Lady Gaga" mostra como a artista tornou-se um ícone do pop mundial
"Lady Gaga" mostra como a artista tornou-se um ícone do pop mundial

Maior vendedora de discos de 2010, Lady Gaga, 24, vai protagonizar o primeiro factóide de uma celebridade em 2011. À meia-noite do dia 31, fará um anúncio sobre seu novo álbum, "Born This Way".

Com esse sucesso meteórico, a cantora norte-americana também "invadiu" as livrarias. Há pelo menos quatro livros sobre a intérprete de hits como "Poker Face", "Bad Romance" e "Telephone". Os títulos contam fatos da vida e da carreira de Stefani Joanne Germanotta.

Por exemplo, ela ganhou o apelido por causa da música "Radio Ga Ga", gravada pelo Queen, de Freddie Mercury, em 1984. Quem lhe batizou foi Rob Fusari, o produtor e compositor que iria colaborar em vários de seus projetos de sucesso.

Siga a Livraria da Folha no Twitter
Siga a Livraria da Folha no Twitter

Ele foi uma das principais figuras no lançamento do Destiny's Child (de onde saiu Beyoncé), como coautor de dois dos maiores sucessos do grupo ("No no no" e "Bootylicious"), e também trabalhou com artistas como Gloria Gaynor, Britney Spears, Will Smith e Jessica Simpson. Gaga começou a ficar famosa no Brasil no no segundo semestre de 2008.

O livro "Lady Gaga", lançado pelo selo Lua de Papel, narra como Stefani Germanotta foi rebatizada. No começo deste ano, Rob Fusari processou Lady Gaga, numa ação de US$ 30,5 milhões, em que exige sua parte na fortuna que a diva abocanhou após orientá-la na carreira.

Leia trecho.

Reprodução
Em "Bad Romance", óculos de Gaga causam frisson fashion
Em "Bad Romance", óculos de Gaga causam frisson fashion

*

Rob e Stefani começaram a trabalhar juntos no estúdio da casa dele. A dupla progrediu como uma casa que se incendeia. Ele adorava sua percepção de teatro e drama. Escreveram juntos algumas canções, ainda na veia das baladas. Foi mais ou menos nesta época que Rob, certo dia, explodiu em risos diantes dos exageros teatrais de Stefani.

Divulgação
Biografia de Freddie Mercury revela falhas e segredos do vocalista do Queen
Biografia de Freddie Mercury revela falhas e segredos do vocalista

"Você é tão enlouquecida quanto Freddie Mercury, totalmente dramática!". Nessa tarde ele a chamou de Gaga, em uma evocação à canção do Queen, "Radio Ga Ga", e Stefani adorou. Na manhã seguinte ela lhe enviou uma mensagem de texto que agora era oficial. Daquele momento em diante ele só deveria chamá-la de Gaga.

Seus amigos acharam aquilo hilário, mas parecia apropriado; era como se este tivesse sempre sido o seu nome. Até mesmo sua mãe começou a chamá-la de Gaga, e ela nunca mais respondeu ao ser chamada de Stefani. Finalmente Gaga havia encontrado um nome que era totalmente seu e que refletia quem realmente era.

Divulgação
Raio no rosto, copiado de Bowie em "Stardust"
Raio no rosto, copiado de Ziggy Stardust, de Bowie

Além de encontrar um nome, o trabalho que ela e Rob desenvolviam juntos começava a obter reconhecimento na mídia. A faixa "Wonderful" passou a ser tocada na internet, conseguindo o segundo lugar nas paradas da iWebRadio.

Gaga, no entando, estava começando a achar sua música tediosa. Enquanto se apresentava em outra noite de open-mic, olhou para o público e pensou consigo mesma: "Se não se tratasse de mim, eu não ouviria isto. Ficaria entediada com esta apresentação". Ela queria apimentar um pouco as coisas, e começou pela música.

Rob Fusari encorajou-a muito para que criasse um som mais pop, eletrodisco. Ele gostava do lado teatral das apresentações de Gaga, e lhe disse que não importava se ela achava que isso não se adequava a lugar nenhum, pois com certeza apareceria alguém que a contrataria por seu estilo peculiar.

Matt Sayles/AP
Cher com sua roupa transparente entrega prêmio a Lady Gaga durante MTV Video Music Awards 2010
Cher com sua roupa transparente entrega prêmio a Lady Gaga com seu vestido de carne durante MTV Video Music Awards 2010
 
Voltar ao topo da página