Saltar para o conteúdo principal
 
06/04/2015 - 20h36

'Avante, Soldados: Para Trás' narra a maior derrota do Brasil na Guerra do Paraguai

da Livraria da Folha

Maior conflito internacional da América do Sul, a Guerra do Paraguai começou em 1864 e terminou há 145 anos, em 1870. Sob o comando do coronel Carlos Morais Camisão, a Expedição Militar do Mato Grosso partiu com a missão de derrotar Solano López em território paraguaio.

A investida foi um desastre. A força das defesas paraguaias foi subestimada, faltou alimento aos soldados que também enfrentavam um surto de cólera. A única opção razoável era recuar. Dos 3.000 militares, apenas 700 sobreviveram. O episódio ficou conhecido como a Retirada da Laguna, graças ao visconde de Taunay.

Divulgação
Muito além do campo de batalha, conhecemos o Brasil do início do século 19
Muito além do campo de batalha, conhecemos o Brasil do séc.19

Em "Avante, Soldados: Para Trás", Deonísio da Silva mescla história e ficção para recriar os horrores dessa guerra e a mais famosa das retiradas das Américas. O autor se fundamenta em referências históricas para narrar a trajetória de dois personagens separados pela guerra.

O livro recebeu o Prêmio Internacional Casa de las Américas, em júri presidido pelo escritor português José Saramago. Edições estrangeiras do título têm, inclusive, apresentação do Prêmio Nobel. Saramago destacou "o domínio das técnicas narrativas, o trabalho equilibrado com a tradição e a invenção, e a linguagem sólida" como pontos fortes do livro.

Para Saramago, por meio de personagens complexos e contraditórios, Deonísio da Silva "consegue enfatizar o absurdo desta e de toda guerra".

*

Google Plus - Logo

AVANTE, SOLDADOS: PARA TRÁS
AUTOR Deonísio da Silva
EDITORA LeYa
QUANTO R$ 33,90 (preço promocional*)

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques.

-

 
Voltar ao topo da página