Saltar para o conteúdo principal
 
16/03/2012 - 09h00

Monte sua estante com obras de Camilo Castelo Branco

da Livraria da Folha

Nascido em Lisboa, Portugal, no dia 16 de março de 1825, Camilo Ferreira Botelho Castelo Branco é um autor romântico que também se dedicou ao teatro e à critica literária. Por satirizar o realismo, acabou recebendo influência do movimento literário.

Divulgação
Romance sobre a possibilidade de perder-se e salvar-se no amor
Romance sobre a possibilidade de perder-se e salvar-se no amor

Monte sua estante com obras de Camilo Castelo Branco
Visite a estante dedicada à literatura
Siga a Livraria da Folha no Twitter
Conheça nossa página no Facebook

Ficou órfão ainda pequeno, passou por diversas crises financeiras e entrou para o jornalismo em 1848. Depois de enfrentar dificuldades amorosas e ir para a cadeia por adultério, a tristeza tomou conta do escritor. Suicidou-se em junho de 1890.

Sua obra mais famosa, "Amor de Perdição" , o escritor se inspira no drama "Romeu e Julieta", de William Shakespeare, para elaborar um triângulo amoroso ingênuo e casto. No volume, o leitor acompanha o ódio entre as famílias Botelho e Albuquerque ameaçado pelo amor.

Em "Amor de Salvação", título que faz par com "Amor de Perdição", o romancista constrói uma trama que representa o presente e o futuro incertos em Portugal. A história narrada é sobre Afonso e Teodora, prometidos um ao outro por suas mães, amigas há anos.

Texto baseado em informações fornecidas pela editora/distribuidora da obra.

 
Voltar ao topo da página