Saltar para o conteúdo principal
 
21/08/2012 - 20h30

Guia traz dicas para falar obscenidades na cama

da Livraria da Folha

Apesar de o título "Cinquenta Tons de Prazer" fazer referência direta à trilogia erótica da britânica E. L. James, o livro não é um romance.

Divulgação
Renda-se aos prazeres e encontre o seu lado pervertido com este livro
Renda-se aos prazeres e encontre o seu lado pervertido com este livro

Orgasmo modera apetite e diminui colesterol
'50 Tons de Cinza' faz sucesso na Bienal
Siga a Livraria da Folha no Twitter
Conheça nossa página no Facebook

O guia, que tem como subtítulo "Como Colocar em Prática Seus Desejos Mais Obscuros", aproveita o novo embalo da literatura adulta para indicar algumas fantasias sexuais que podem ser colocadas em prática.

De palmadas a posições e lugares inusitados, "Cinquenta Tons de Prazer" instiga a imaginação com humor e dicas úteis, como as regras para falar explicitamente na cama.

"Falar obscenidades é uma das maneiras mais quentes de construiir a química sexual com seu parceiro e revigorar o sexo, mas, estranhamente, é uma das coisas básicas que mais causa temor nos casais", conta Marissa Bennett, autora da edição.

Abaixo, veja uma dica do que pode ser feito e do que deve ser evitado segundo o exemplar.

Atenção: O texto abaixo apresenta linguagem adulta e insinuações ao ato sexual.

*

SIM

Tenha autoconfiança. Ninguém espera que você se torne uma estrela pornô da oratória da noite para o dia, mas a autodepreciação e uma linguagem corporal desconfortável enquanto você solta o verbo malicioso não apenas vaio fazer o que você diz parecer vazio, como também vão acabar com o clima.

NÃO

Não fale como bebê nem use apelidos para os genitais. Apesar de fazer voz de bebê ser uma coisa fofa quando os dois estão de aconchegos e carinhos, não há lugar para isso na cama. Da mesma forma, chamar o pênis do seu homem de "pequeno soldado" ou algo do tipo vai fazer esse militar recuar para o alojamento. Dar nomes para sua própria genitália é um problema similar. Chamar seu pênis de "Cruzador" ou "Deus do Trovão", ou chamara a vagina de "Palácio Cor-de-Rosa" durante o sexo é fracasso na certa. Prefira os clássicos como "pau", "caralho" e "boceta", com vários adjetivos excitantes juntos.

*

"Cinquenta Tons de Prazer"
Autor: Marissa Bennett
Editora: Best Seller
Páginas: 160
Quanto: R$ 17,90 (preço promocional*)
Onde comprar: pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques. Não cumulativo com outras promoções da Livraria da Folha. Em caso de alteração, prevalece o valor apresentado na página do produto.

Texto baseado em informações fornecidas pela editora/distribuidora da obra.

 
Voltar ao topo da página