Saltar para o conteúdo principal
 
02/12/2010 - 13h10

Livro "As Cariocas" marca estreia de Sergio Porto em novelas

colaboração para a Livraria da Folha

Divulgação
Livro de Sergio Porto que inspirou série apresentada pela Globo
Livro de Sergio Porto que inspirou série apresentada pela Globo

A série "As Cariocas", que a Rede Globo vem exibindo, foi inspirada no livro homônimo de Sergio Porto (1923-1968), também conhecido como Stanislaw Ponte Preta. O livro "As Cariocas", publicado pela primeira vez em 1967, marcou a estreia dele no gênero novelístico. São seis histórias, cada uma passada em um bairro do Rio de Janeiro.

No lugar de nome e sobrenome, as mulheres são conhecidas pelo bairro onde vivem e por adjetivos que revelam o estado civil, posição social ou disposição libidinosa: a Grã-fina de Copacabana, a Noiva do Catete, a Donzela da Televisão, a Desenibida do Grajáu, a Desquitada da Tijuca e a Currada de Madureira.

Stanislaw Ponte Preta era o pseudônimo usado por Sergio Porto em textos mais humorísticos. Foi isnpirado em Serafim Ponte Grande, personagem criado por Oswald de Andrade. Stanislau também criou o concurso de beleza "As Certinhas do Lalau", onde se destacavam as vedetes.

Outra criação de Sergio Porto foi o Febeapá - Festival de Besteiras que Assola o País -, um jeito bem dele de criticar os militares e o moralismo social vigente.

*

"As Cariocas"
Autor: Sergio Porto
Editora: Agir
Páginas: 164
Quanto: R$ 25,90 (preço promocional, por tempo limitado)
Onde comprar: Pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

 
Voltar ao topo da página