Saltar para o conteúdo principal
 
26/11/2013 - 14h06

'Eu torcia para ele cair morto', diz autora sobre Jung

da Livraria da Folha

C. G. Jung não é o intelectual mais amado do século 20. Fundador da psicologia analítica e um dos primeiros a explorar o conceito de inconsciente, o suíço já foi acusado de ser místico e nazista.

"Quando fui à Europa todos achavam que ele era [charlatão] também. E que era um homem vaidoso e convencido", diz Mary Bancroft em depoimento sobre Jung no documentário "Questão do Coração". "Eu torcia para ele ter um ataque e cair morto"

Divulgação
Edição Especial traz uma rara entrevista com o próprio Jung gravada em 1959
Edição traz uma rara entrevista com Carl Gustav Jung gravada em 1959

Comparada a outras escolas de psicologia, a terapia junguiana tem pouca inserção clínica e acadêmica. Para Tito Cavalcante, e autor de "Folha Explica: Jung", "[Jung] tem sido visto como o lado B da psicologia das profundezas criadas por Freud".

Discípulo de Freud (1856-1939), ele era visto como o sucessor natural de mestre de Viena. Porém, tiveram desavenças teóricas e pessoais e se separaram.

"Questão do Coração" foi produzido nos Estados Unidos em 1986, dirigido por Mark Whitney. O documentário chega ao Brasil em dezembro deste ano.

A edição traz extras, com imagens de arquivo e entrevistas com seus amigos e colaboradores, e uma entrevista com Jung gravada em 1959. Abaixo, assista ao vídeo com trechos do documentário.

Veja vídeo

*

"Carl Gustav Jung - Questão do Coração"
Diretor: Mark Whitney
Duração: 107 minutos
Classificação indicativa: 14 Anos
Quanto: R$ 39,90 (preço de pré-venda*)
Onde comprar: pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques. Não cumulativo com outras promoções da Livraria da Folha. Em caso de alteração, prevalece o valor apresentado na página do produto.

Texto baseado em informações fornecidas pela editora/distribuidora da obra.

 
Voltar ao topo da página