Saltar para o conteúdo principal
 
21/03/2011 - 20h33

Conheça os segredos para fazer um típico arroz japonês

da Livraria da Folha

Divulgação
Chefs oferecem receitas de diversos países do Oriente
Chefs oferecem receitas de diversos países do Oriente

Uma das características mais marcantes da culinária oriental, especialmente a japonesa, é o arroz úmido. Principalmente pelo fato de não se utilizar talheres, mas sim os hashis, é muito mais fácil comê-lo dessa forma.

Para conseguir o ponto correto há diversas formas. Cozinhar arroz, aliás, é algo que varia muito de acordo com o gosto e o costume do cozinheiro.

Quem não tem as panelas elétricas, ideais para fazer o arroz japonês sem trabalho, é possível adaptar o preparo. "Sabores do Oriente", livro que traz receitas de países como Japão e Vietnã, não poderia deixar de ter este prato.

Kunio Tokuoka explica que a altura da panela é importante, além de abafar os grãs ainda úmidos e antes de colocar no fogo.

Veja como fazer um arroz no estilo japonês:

*

Arroz perfeito, do jeito japonês
Kome no takikata

Ao fazer a pergunta "como se cozinha arroz?", devemos estar preparados para muitas respostas, pois existem várias maneiras de prepará-lo. Por um lado, trata-se de um prato simples; por outro, requer muita habilidade e arte. Nesta receita, Kunio Tokuoka revela seu método para obter a tigela perfeita de arroz úmido e fofinho.

Marlene Bergamo - 2.jun.2008/Folhapress
Arroz úmido é perfeito para pratos como o sushi (foto)
Arroz úmido é perfeito para pratos como o sushi (foto)

Rendimento:
8 porções

Ingredientes:
- 3 xícaras de arroz polido de grão curto ou médio
- 3 xícaras mais 3 colheres (sopa) de água

Modo de preparo:
1. Encha uma tigela grande com água fria da torneira. Coloque o arroz seco em um escorredor fininho. Deixe preparada uma panela alta e estreita, de fundo pesado, com tampa bem firme. Ela deve ter 14 cm de altura e 20 cm de diâmetro.

2. Mergulhe o escorredor com o arroz na tigela de água fria e mexa várias vezes com a mão. O amido e os resíduos do processo de produção do arroz deixarão a água imediatamente branca. Tire rapidamente o escorredor da água para que o arroz não absorva sabores e odores desagradáveis. Descarte essa água.

3. Encha a tigela com água fria da torneira de novo e mergulhe o escorredor com o arroz. Mexa-o com movimentos de mão rápidos e largos. Tire o escorredor e descarte a água. Encha a tigela de novo com água fria.

4. Feche uma das mãos e coloque o punho sobre o arroz no escorredor. Movimente o punho para a frente e para trás sobre o arroz umas dez vezes. Mergulhe o escorredor na água e sacuda rapidamente várias vezes. Repita o processo, esfregando o arroz e lavando-o com água, mais três vezes. Escorra o arroz, cubra-o com um pano de prato úmido e deixe-o descansar por meia hora. O pano de prato úmido impede que a superfície dos grãos de arroz se rache quando eles estiverem secos. Isso também ajuda o arroz a conservar a umidade no centro do grão.

5. Ponha o arroz numa panela, junte a água e deixe descansar por 1 hora.

6. Coloque a panela em fogo alto, tampada firmemente, e deixe ferver. Então, tire a tampa cuidadosamente e mexa o arroz com movimentos largos, mantendo o fogo alto. Recoloque a tampa imediatamente. Esse processo ajuda a manter uniforme a temperatura de cada grão, além de evitar que o arroz grude no fundo da panela.

7. Depois de recolocar a tampa na panela, deixe a água ferver novamente. Abaixe o fogo e cozinhe por mais 13 minutos. Sirva o arroz imediatamente em tigelinhas individuais. Não é preciso mexer o arroz antes de servir.

*

Sabores do Oriente
Autor: Mai Pham
Editora: Publifolha
Páginas: 272
Quanto: R$ 69,90
Onde comprar: Pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

 
Voltar ao topo da página