Saltar para o conteúdo principal
 
02/10/2012 - 14h48

Historiador narra trajetória do comunismo em 'A Bandeira Vermelha'

da Livraria da Folha

O livro "A Bandeira Vermelha" narra a história de uma ideologia que se apresentou de diversas formas ao longo do século 20 --romântica, radical, modernista etc. Essa mutabilidade --somada a questões culturais dos lugares pelos quais passou-- faz do comunismo quase uma charada teórica.

Divulgação
No auge, comunistas controlavam mais de um terço da superfície da Terra
No auge, comunistas controlavam mais de um terço do mundo

Essa é a questão que o autor, David Priestland, levanta no volume. Para isso, traça sistematicamente os nomes fundamentais e os eventos que criaram a ideia que se tem hoje do que é, ou deveria ser, o comunismo.

"Escrever uma história global é um desafio", conta o autor no livro. "Mas pude me beneficiar de enorme quantidade de matéria acadêmico interessante publicado nos últimos 20 anos, boa parte baseada em fontes de arquivos recém-disponibilizados".

Para Priestland, "explicar o comunismo exige que entretemos em um mundo mental muito diferente --o de Lênin, Stálin, Mao, Ho Chi Minh, Che Guevara e Gorbachev, assim como no daqueles que os apoiavam ou toleravam."

"A Bandeira Vermelha" reúne alguns temas fundamentais para se entender essa complexa história política. Por esse motivo, o exemplar, ilustrado com fotos marcantes, ultrapassa 700 páginas.

Priestland é estudioso do comunismo e professor de história moderna na Universidade de Oxford.

*

"A Bandeira Vermelha"
Autor: David Priestland
Editora: LeYa
Páginas: 792
Quanto: R$ 59,90 (preço promocional*)
Onde comprar: pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques. Não cumulativo com outras promoções da Livraria da Folha. Em caso de alteração, prevalece o valor apresentado na página do produto.

Texto baseado em informações fornecidas pela editora/distribuidora da obra.

 
Voltar ao topo da página