Saltar para o conteúdo principal
 
24/02/2012 - 20h00

Em votações da ONU, Brasil se distancia dos EUA; ouça

FABIO ANDRIGHETTO
da Livraria da Folha

Ao reunir quase 5.000 votações que aconteceram no âmbito da Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas) entre 1946 e 2008, o cientista político Octavio Amorim Neto mostra que os brasileiros se afastam gradativamente dos interesses norte-americanos.

Divulgação
Examina a condução e os determinantes da política externa brasileira
Amorim Neto examina mais de meio século de política externa brasileira

Siga a Livraria da Folha no Twitter
Conheça nossa página no Facebook
Visite a estante dedicada às ciências humanas
'Diplomacia presidencial' reduz poder do Itamaraty; ouça

Segundo o levantamento realizado, o grau de convergência favorável no governo de Juscelino Kubitschek (1956-1961) foi de 84%; com Ernesto Geisel (1974-1979) caiu para 35%; durante os mandatos de Lula (2003-2010) chegou a menos de 10%.

"Essa medida pega não apenas o distanciamento progressivo do Brasil com relação aos Estados Unidos, mas também a universalização das relações diplomáticas brasileiras ao longo dessas seis décadas", contou em entrevista à Livraria da Folha. Ouça.

Octavio

Publicado pela Campus Elsevier, "De Dutra a Lula", Octavio apresenta análise de mais de meio século de diplomacia. Para o estudo, Octavio usou ferramentas teóricas das relações internacionais e das ciências sociais.

Graduado em ciências sociais e pós-graduado em ciência política, o autor recebeu prêmios da Associação Brasileira de Ciência Política e da Associação Americana de Ciência Política.

*

"De Dutra a Lula"
Autor: Octavio Amorim Neto
Editora: Campus Elsevier
Páginas: 216
Quanto: R$ 49,50 (preço promocional*)
Onde comprar: pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques. Não cumulativo com outras promoções da Livraria da Folha. Em caso de alteração, prevalece o valor apresentado na página do produto.

 
Voltar ao topo da página