Saltar para o conteúdo principal
 
06/07/2018 - 11h22

"Comunismo para Crianças" apresenta breve história do capitalismo

da Livraria da Folha

Divulgação
Com ilustrações e linguagem que parodia histórias infantis, livro apresenta panorama do capitalismo e sua contraparte
Com ilustrações e linguagem que parodia histórias infantis, livro apresenta panorama do capitalismo e sua contraparte

Lançado pela editora Três Estrelas, selo editorial do Grupo Folha, "Comunismo para Crianças" não é exatamente um livro destinado para os pequenos.

Escrito por Bini Adamczak, o livro usa de uma linguagem que simula e parodia histórias infantis para promover uma crítica muitas vezes ácida do funcionamento da economia capitalista contemporânea.

A obra apresenta uma breve história do capitalismo ao expor o sofrimento causado pelo sistema e como a organização do trabalho e a exploração dos trabalhadores alimentam o capital.

Por meio de situações e exemplos imaginários, mas muito familiares aos que vivem no mundo globalizado, explica também, sem deixar de apontar os equívocos nas experiências socialistas, como funciona o comunismo.

Publicado originalmente em 2004, o livro causou polêmica quando chegou aos Estados Unidos em 2017, acusado de promover a doutrinação de jovens. Pouco antes de seu lançamento no Brasil, houve reação semelhante.

Nascida em 1979 Bini Adamczak é ensaísta, artista visual e autora de "Gestern morgen: Über die Einsamkeit kommunistischer Gespenster und die Rekonstruktion der Zukunft" ("Ontem de Manhã - Sobre a Solidão dos Fantasmas Comunistas e a Reconstrução do Futuro"), publicado em 2011. Vive em Berlim.

*

COMUNISMO PARA CRIANÇAS
AUTORA Bini Adamczak
EDITORA Três Estrelas
QUANTO R$ 28,90 (preço promocional*)

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques.

-

 
Voltar ao topo da página