Saltar para o conteúdo principal
 
07/04/2014 - 10h00

Leia trecho de 'Você Tem Fome de Quê?'

da Livraria da Folha

Em "Você Tem Fome de Quê?", o médico e escritor Deepak Chopra aborda os benefícios de uma vida equilibrada mesclando elementos científicos ocidentais e conhecimentos do ayurveda, sistema milenar de medicina indiana.

Com mais de 50 obras publicadas e adepto das teorias do suíço Carl Gustav Jung (1875-1961), Chopra é especialista em saúde holística e autor de "O Efeito Sombra", "Conexão Saúde", "Criando Sucesso e Dinheiro" e "A Fonte da Felicidade Duradoura", entre outros.

Abaixo, leia trecho de "Você Tem Fome de Quê?".

*

"Eu tenho fome de quê?"

A vida de todo mundo é complicada, e as melhores intenções se extraviam porque as pessoas têm dificuldade de mudar. Os maus hábitos, assim como as lembranças ruins, persistem, teimosos, quando desejaríamos que sumissem. Existe, contudo, uma importante motivação a nosso favor, que é o desejo de felicidade. Eu defino felicidade como um estado de satisfação, e todo mundo quer se sentir satisfeito. Se ficamos atentos para isso, para essa motivação mais elementar, as escolhas que fazemos se resumem a uma única questão: "Eu tenho fome de quê?". Esse desejo verdadeiro nos guiará pelo rumo certo. Desejos falsos nos levam para o rumo errado. Façamos um pequeno teste para comprovar isso. A próxima vez que nos dirigirmos à geladeira em busca de algo para comer, façamos uma pausa. O que nos levou a procurar comida? Só existem duas razões:

Divulgação
Livro traz um programa de meditação de sete dias e receitas saudáveis
Livro traz programa de meditação de sete dias e receitas saudáveis

1. Temos fome e precisamos comer.

2. Estamos tentando preencher um vazio, e a comida se transformou no jeito mais rápido de fazer isso.

A medicina atual tem bastante conhecimento sobre os "gatilhos" que disparam o impulso de comer. O corpo secreta hormônios e enzimas que ligam o centro da fome em nosso cérebro com o estômago e o aparelho digestório. Quando bebês, só reagíamos a esse tipo de gatilho. Chorávamos porque tínhamos fome. Agora, o inverso talvez seja verdade: quando temos vontade de chorar, ficamos com fome.

Ao longo da vida, criamos novos gatilhos que um bebê jamais imaginaria. A depressão é um gatilho bem conhecido para o excesso alimentar. Assim como o estresse, perdas súbitas, tristeza, raiva reprimida, entre outros. A que somos mais vulneráveis? Talvez tenhamos apenas uma ideia vaga. A maior parte das pessoas não tem consciência de quando um hábito alimentar está sendo estimulado, pois esses gatilhos são em geral inconscientes - é por isso que são tão poderosos. Respondemos automaticamente a eles, sem pensar.

Teste: O que estimula você a comer em excesso?

As causas mais comuns para a alimentação compulsiva estão nas listas a seguir. Algumas são mais fáceis de superar que outras. Leia as listas e verifique o que normalmente faz você comer mesmo quando não tem fome. Marque todos os itens que se aplicam ao seu caso.

Grupo A - Costumo comer em excesso se...

...estou ocupado ou distraído no trabalho.
...estou com pressa, na correria.
...estou cansado. Não dormi direito.
...estou com outras pessoas que estão comendo.
...estou num restaurante.
...estou diante da tevê ou do computador e preciso fazer alguma coisa com as mãos.
...tem um prato cheio na minha frente e acho que preciso esvaziá-lo.

Grupo B - Costumo comer em excesso se...

...estou deprimido.
...estou sozinho.
...não estou me sentindo atraente.
...estou ansioso ou preocupado.
...tenho pensamentos negativos em relação ao meu corpo.
...estou estressado.
...quero um consolo.

Autoavaliação

Se todos ou a maioria dos itens que você verificou estão no Grupo A, os seus gatilhos são os mais fáceis de superar. É preciso prestar mais atenção aos hábitos alimentares, mas isso deve ser relativamente fácil. Você se flagra comendo quando não tem fome porque o seu principal problema é a distração. Quando se concentrar em uma coisa de cada vez - a refeição na sua frente - vai conseguir controlar a comilança desatenta.

Se todos ou a maioria dos itens que você verificou estão no Grupo B, você tem fome de algo mais além da comida, e prestar atenção nessas coisas será a melhor forma de perder peso. O importante é não fazer regime. O seu caminho não é a privação, é encontrar satisfação em outras coisas além de comer.

*

VOCÊ TEM FOME DE QUÊ?
AUTOR Deepak Chopra
EDITORA Alaúde
QUANTO R$ 24,90 (preço promocional*)

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques.

 
Voltar ao topo da página