Publicidade
Publicidade
Publicidade

Últimas

  1. Leilões

    Casas de antiguidades fazem leilões pela internet para aumentar público

    É cada vez mais difícil bater o martelo para uma plateia lotada que disputa voz a voz antiguidades e obras de arte. Os leilões presenciais estão dando espaço aos virtuais, que democratizaram a audiência e diversificaram as ofertas. Adquirir objetos para decorar a casa em um deles deixou de ser um hobby restrito a milionários.

  2. Design brasileiro no Salão do Móvel de Milão

    Designers brasileiros levam até 'feijão com arroz' ao Salão do Móvel de Milão

    Peças de madeira com fibras naturais, sementes e mosaicos que lembram o quintal da vovó representaram o design brasileiro no último Salão do Móvel de Milão, realizado de 4 a 9 de abril.

  3. O empresário Cassio Rocha, 52, na casa de 650 m² projetada por ele, em Cotia, na Grande São Paulo

    Construir ou reformar? Saiba quando erguer uma casa do zero vale a pena

    Nem sempre reformar um imóvel velho vale a pena. Em alguns casos, construir do zero pode ser mais vantajoso do que restaurar danos estruturais graves e trocar instalações elétricas e hidráulicas.

  4. Feira orgânica no Parque da Água Branca

    'Alternativos' atraem feiras de orgânicos para a zona oeste

    A maior concentração de feiras orgânicas de São Paulo está na zona oeste.

  5. Parquinho de Sumaré completa 69 anos

    Parquinho inaugurado em 1969 reúne gerações no Sumaré

    Adalberto está tirando uma soneca. É um descanso merecido. Com 90 anos, ele cuida todos os dias da Adalbertolândia, um parquinho para crianças de todas as idades inaugurado em junho de 1969.

  6. A aposentada Maria Aparecida Canhadas, 86,, conhecida como "rainha dos abaixo-assinados", na Lapa

    Em defesa da Lapa, octogenária lidera 'chatos mais legais do bairro'

    Com uma mesa à frente, ela se senta na porta de casa. Ali, com algumas folhas de papel, apenas espera, e então as pessoas vão chegando. Uma, duas, três... E o número cresce. Com frequência, passa dos mil.

  7. SAO PAULO - SP - 04.04.2017 - ESPECIAL MORAR - A Família da Helena, com cinco pessoas, veio do interior de SP para ficar perto dos galpões da Vila Leopoldina. O pai, Rafael, trabalha com iluminação teatral em um dos galpões do bairro. Helena, a filha, já é estagiária em uma produtora que também fica no bairro. A reocupação dessas construções por produtoras de vídeo/cinema ou negócios ligados a isso, é um movimento recente, que também atraiu novos serviços e comércios para a V. Leopoldina. A família representa uma dessas características do bairro hoje. Eles moram em uma casa e construções horizontais ainda ocupam bastante área na região. FOTO: KEINY ANDRADE/FOLHAPRESS

    Produtoras de cinema atraem 'criativos' para a Vila Leopoldina

    Andar pela Vila Leopoldina hoje é como assistir um filme que se passa em diferentes períodos da cidade.

  8. Um dia na Vila Romana

    Vila Romana conserva casinhas de portão baixo e padaria à moda antiga

  9. Perdizes x Vila Leopoldina: compare os bairros e escolha o seu preferido

    Enquanto Perdizes tem mais comércio de rua e muitas ladeiras, a Vila Leopoldina é plana e bem residencial. Compare as duas regiões da zona oeste e escolha a sua preferida.

  10. Imóveis novos na zona oeste

    Limites sutis com Perdizes confundem moradores da Vila Pompeia

    Em que bairro você mora? Se o interlocutor for habitante da Vila Pompeia, a resposta pode ser imprecisa. É que vias famosas do bairro, incluindo a avenida Pompeia, aparecem nas placas da prefeitura com o nome Perdizes.

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5
Publicidade
Publicidade
Publicidade