Diário de confinamento: 'A manhã começou com um tutorial japonês maravilhoso sobre tofu'

'Trabalhos funerários quadruplicaram em Barcelona, com uma média atual de 200 serviços por dia'

Susana Bragatto
Barcelona

Dia #24 – Barcelona – Segunda, 6 de abril. Cena: é a primeira vez que vejo um corvo nesta cidade.

Hoje descobri no YouTube um canal de receitas veganas sem diálogo ou trilha sonora.

A manhã aqui começou com um tutorial japonês estranhamente maravilhoso sobre tofu de grão-de-bico.

Silencioso, mas não. Como o dia lá fora, só com ruídos estritamente necessários: os grãos crus caindo no liquidificador, a colher mexendo o mingau, as bolhas na superfície do líquido estourando num delicado pop oopopop.

Dizem que é mais uma dessas modas ASMR, sigla em inglês para um Mundo Paralelo de Sensações que Trazem Calma (em tradução livre minha —deixo esse #thread pra investigadores de plantão).

Para as hordas de fãs nos quarentênicos cantos do mundo (130 milhões de resultados no Google, vai ver), ASMR é uma espécie de "relaxamento cerebral" ativado por estímulos visuais, sonoros ou cognitivos bizarramente familiares.

Alguns exemplos: sussurros, massagens, estalar de línguas e vozes tranquilizantes como a do pintor e apresentador de tevê americano Bob Ross, um pioneiro acidental do ASMR que dizia coisas bonitas como "é tão importante fazer algo que te deixe feliz todo dia". Além de grão-de-bico cru sendo despejado no liquidificador, claro.

Em outras palavras, é como uma bolha de proteção uterina contra os espasmos não controláveis da vida.

A Espanha segue a tendência de estabilização de mortes por Covid-19. Hoje, 637, a cifra mais baixa dos últimos 14 dias. O dado é positivo em termos absolutos, mas também relativos —significa, basicamente, menos mortes por número de infectados, oficiais e estimados. Outra cifra redonda positiva divulgada: superamos os 40 mil curados.

Funcionário trabalha em fábrica de caixões em Barcelona
Funcionário trabalha em fábrica de caixões em Barcelona - Pau Barrena - 3.abr.20/AFP

Um dos desafios da saúde pública espanhola continua a ser a detecção extra-hospitalar de casos graves.

Além de residências geriátricas, um dos contextos mais complicados ao longo de toda a crise, e que respondem por mais de 4.000 mortes relacionadas ao vírus (nem todas parte das estatísticas oficiais), o confinamento domiciliar também dificulta o acesso a pessoas do grupo de risco, principalmente idosos.

"85% das saídas [de bombeiros] é para abertura de portas, porque as pessoas estão morrendo sozinhas em casa", desabafa um bombeiro de Madri.

A saturação do sistema funerário é uma realidade em Barcelona, onde o trabalho se multiplicou por quatro nas últimas semanas, com uma média atual de 200 serviços por dia.

Por questões econômicas e de espaço, Cementiris de Barcelona, órgão responsável pela gestão funerária da cidade, vem recomendando que se utilizem nichos (média de 500 euros, o equivalente a R$ 2.835), e não tumbas —que podem chegar a custar, em tempos normais, até 7.000 euros (R$ 39.700).

Para controlar a especulação, os órgãos oficiais estipularam um teto de 2.500 euros (R$ 14.180) para serviços funerários.

Até o ano passado, Barcelona seguia a tendência europeia de aumento gradual no número de cremações. Estas corresponderam a 52% do total de eventos funerários em 2019. Com a crise, a demanda saltou para 78%.

Devido à saturação dos fornos crematórios, a prefeitura vem oferecendo enterros, definitivos ou provisórios, com possibilidade de incineração futura sem custos adicionais. Isso, dizem, poderia evitar que as esperas atuais de 7 a 10 dias para uma cremação cheguem a desmesurados 30 dias.

O silêncio, as folhas nas árvores, palmas à distância.

Também associado à atraente ideia de "orgasmo cerebral", o fenômeno ASMR nunca terminou de ser totalmente comprovado pela ciência.

Os devotos não se importam e seguem publicando zilhares de vídeos curiosos (pra definir de alguma maneira) que mostram pessoas (ou partes de pessoas, como mãos com manicure perfeita, por exemplo) estourando plástico-bolha, cortando cabelo, dando tapinhas numa tela de celular ou misturando diferentes gelecas (sabe, aquele brinquedo clássico constituído basicamente de gosma elástica colorida).

Entre os benefícios dessa espécie de transe sensorial, ASMRistas listam o alívio do estresse, ansiedade, insônia e depressão. A repetição de estímulos suaves geraria um efeito semelhante a uma meditação.

Por isso, explicam, o som de grãos estalando tranquilamente uns contra os outros em uma receita de tofu seria tão relaxante. E comum, acessível e universal, como uma frase de Bob Ross: “Não se esqueça de dizer às pessoas especiais na sua vida como elas são especiais para você”.

“Músicas para Quarentenas” podem ser escutadas aqui.


DIÁRIO DE CONFINAMENTO

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.